Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO DE DESPEDIDA

É a vida, doce canção ao violino
Que o músico terno afaga num abraço.
Das cordas do instrumento só sai um hino
Se o músico conduz sua alma pelo braço.

Assim é cada ser e aquele que ama:
Instrumento e tocador em simbiose,
Quando em dois seres o amor logo emana
Em perfeição de sintonia por osmose.

Mas chega o tempo que é impossível prosseguir
Os dois juntos a compor doce canção:
O músico tem que partir; deixa o violino.

Só peço a Deus pra em sua vida intervir
E que outro músico em ti não ponha a mão
Pra não haver descompasso ou desafino.
Jess
Enviado por Jess em 07/01/2008
Reeditado em 12/01/2008
Código do texto: T806518

Comentários

Sobre o autor
Jess
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil, 57 anos
170 textos (18674 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/07/20 12:00)
Jess