Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS TRANSPONÍVEIS

“Na Era dos Espantos”

Há percursos, há vias, veredas ou caminhos,
A que os humanos dão o nome de transponíveis,
Com circunstâncias mil, agrestes e sensíveis,
Ornadas por espanto, enfeitadas de espinhos.

A cada hora e a cada dia, são visíveis
Por todo o lado os mais variados desalinhos,
E é estranha a perda de valores e pergaminhos
Com galardões de sentimentos perecíveis…

Crianças, adolescentes, adultos e idosos,
São eles os agentes destas caminhadas,
Avanços e recuos em todas as madrugadas
Galgando transmissíveis sempre audaciosos.

P´ las vitais sendas, incontáveis, só mistérios
Qualquer que seja o horizonte e a direcção,
Não se sabendo ao certo a justa proporção
Em se cumprir nos sonhos todos os critérios.

Galgar os transponíveis com alma e com espanto
Transforma o ser da Vida num jardim de encanto!


Frassino Machado
In AS JANELAS DA ALMA
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 21/07/2020
Reeditado em 21/07/2020
Código do texto: T7012436
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
FRASSINO MACHADO
Odivelas - Lisboa - Portugal
2403 textos (58019 leituras)
20 áudios (1111 audições)
2 e-livros (35 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/20 19:14)
FRASSINO MACHADO

Site do Escritor