Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DANADO

O pobre, pobrezinho, é tão babaca
Que a greve que ele faz é uma piada...
Nasceu e vai morrer sem saber nada,
E o bolso vai vazio sem pataca.

Se abre a boca  solta uma bobagem
Que todo mundo ri, é palhaçada.
Trabalha feito escravo e de mamada
Promove o bem estar da malandragem.

Se morre alguém se benze e sai de lado
E diz que foi pro céu, pobre coitado
Um bom lugar terá pois Deus é justo...

Esforço que fizer não paga o custo
De usar deste mundão perdido e insano
Se vive, continua em perda e dano.
ANA MARIA GAZZANEO
Enviado por ANA MARIA GAZZANEO em 27/03/2020
Código do texto: T6899037
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
ANA MARIA GAZZANEO
Bragança Paulista - São Paulo - Brasil
1592 textos (42004 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/20 19:25)
ANA MARIA GAZZANEO