Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembranças Na Soletude

Nas brumas de um sonho a alma ficastes
olhando, as horas, passar na quietude.
Rosas que mãos belas desfolhastes,
lembranças, sentidas, na soletude.

Um jardim abandonado lembrastes,
paisagem erma em decrepitude...
Entre sombras onde luz não clareastes,
ali, sepultada minha juventude.

Fostes vós que entre névoas despontastes,
branca e serena como a senectude,
que a lira do meu passado entoastes.

E agora quando vejo me ilude,
a noute, caindo, como das hastes,
negras, as rosas, na soletude.
ThiagoMac
Enviado por ThiagoMac em 09/02/2020
Reeditado em 13/02/2020
Código do texto: T6862334
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
ThiagoMac
Itirapina - São Paulo - Brasil, 36 anos
409 textos (4829 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 15:20)
ThiagoMac