Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E houve quem sentiste...

E houve quem sentiste neste campo ermo,
fragrâncias de um velho arvoredo.
E o dia foste surgindo, ai, tão ledo,
em meio as sombras deste céu enfermo.

Foi-se ela, calada, com teus segredos,
ó lua, dos poetas e das serenatas...
Vagas ainda pelas noites castas,
o teu brilho clareando esses rochedos.

Angústias de quem aqui sozinho,
sonhando, ficou, infelizmente,
com a cruz no final do seu caminho.

Tristezas de uma alma que chora,
vendo tudo ao seu redor tão diferente
do que eras tua vida de outrora.
ThiagoMac
Enviado por ThiagoMac em 31/12/2019
Código do texto: T6831197
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
ThiagoMac
Itirapina - São Paulo - Brasil, 36 anos
409 textos (4829 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 04:11)
ThiagoMac