Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cidade imunda

Dá-me um tempo burgueses de uma figa
Estou cansado de lamúrias
Vejo-lhes tirar dos pobres
E vos vejo esbanjar na luxúria

Esta cidade está infestada, imunda
de mosquitos sugadores de dinheiro
Baleias governantes que a própria cidade afunda
E a leva ao cativeiro

Cachorro bom é cachorro calado
Assim vive o povo humilhado
Ao lado da vizinha ignorância

Mais perdido que piolho
Na cabeça de um careca
Pela cidade o povo caminha em abundância.
Ruan Vieira
Enviado por Ruan Vieira em 29/12/2019
Reeditado em 29/12/2019
Código do texto: T6829646
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Ruan Vieira
Propriá - Sergipe - Brasil
272 textos (3760 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/08/20 03:07)
Ruan Vieira