Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ROSA GRILO

                          A ROSA MATOU O MARIDO,
                         POR CAUSA DO SEU AMANTE
                         NÃO FAZ NENHUM SENTIDO
                         FOI UM CRIME TRIUNFANTE.

                       PODE IR PRESA  MESMO A SÉRIO,
                       SE FOR CONDENADA VAI PAGAR
                       O CRIME HEDIONDO, NO IMPÉRIO
                       NA PRISÃO, VAI TER QUE PENSAR.

                      HÁ MUITOS CASOS DESTES AFINAL
                      MAS O MAIS NATURAL É O MARIDO
                      MATAR A MULHER,MESMO COMO TAL.

                    CASO RAROS SÃO ESTES NA SOCIEDADE
                    POR DINHEIRO , QUE É UMA GRAN VERDADE
                   E A JUSTIÇA NÃO LEVA MESMO A SÉRIO MAL.

                                           LUÍS COSTA
                                           QUARTA-FEIRA,11/09/2019
          P. S. LÁ POR ESCREVER UNS VERSINHOS NÃO POSSO SER POETA NEM SE QUER ESCRITOR, SOU UM PSEUDO-POETA, OU UM APRENDIZ DE POETA UM PRINCIPIANTE AMADOR, UMA DROGA DE POETA, QUEM ME DISSER QUE SOU UM POETA MAGNIFICO DIZ-ME PARA ME FAZER O FAVOR, E JEITO, A VONTADE, PARA ME AGRADAREM MAIS NADA, MAS EU PARA ISSO NÃO PRESTO. TENHO A CONSCIENCIA PLENA DO QUE SOU, NÃO GOSTO QUE ME ENGANEM E ME ILUDEM, SOU UMA PESSOA COMO AS OUTRAS, NÃO TENHO ASSIM MUITA SENSIBILIDADE E TALENTO E VOCAÇÃO, SER POETA NÃO É SÓ ESCREVER BONITO A RIMAR, TEM QUE TER UM LÉXICO VOCABULAR MUITO RICO COM VARIOS SENTIDOS, NÃO É POETA QUEM QUER, SE FOSSE POETA COMO VOCES DIZEM, PORQUE QUE SÓ ME DÃO ELOGIOS E EM VEZ DE ME DAREM ELOGIOS NÃO PROCURAM UMA EDITORA PARA OS MEUS POEMAS, OU EDITOR, SE TENHO ASSIM MUITO VALOR.  
TÓLU
Enviado por TÓLU em 18/10/2019
Reeditado em 18/10/2019
Código do texto: T6772520
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
TÓLU
Portugal, 68 anos
1334 textos (38820 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/11/19 06:11)
TÓLU