Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Morador de Rua

Desapegado de tudo
Parece ter a alma vazia
Andando a esmo
Sentindo-se preso

A liberdade fantasiosa
Daquele que quer ser livre
Anda de um lado para outro
Sem eira e nem beira!

A noite desce é muito frio
Deitado na calçada, sem nada
Desamparado, uma alma penada!

A mente entorpecida
O corpo mal sem comida
Espera a generosidade da vida!

Edisj
Enviado por Edisj em 24/08/2019
Código do texto: T6728240
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Edisj
Agudo - Rio Grande do Sul - Brasil, 66 anos
235 textos (2659 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/19 23:50)
Edisj