Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FERNANDO SONETO CUNHA LIMA







Quando o líder-mor conclama
Os colegas do Recanto
A emitir num só canto
O verso que tanto ama


Acende na mente a chama
Não há mais razão pra pranto
Apolo estende seu manto
Virgilio não mais reclama


Fernando carrega a pira
O universo conspira
Quem ia passando embarca


Noite de pura magia
De quem dá show de poesia
Na criação de Petrarca...







(Atendendo à maravilhosa “Conclamação Poética”, do colega e grande sonetista fcunha lima, autor de mais de oito mil sonetos.)






.
Stelo Queiroga
Enviado por Stelo Queiroga em 13/02/2019
Código do texto: T6573741
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Stelo Queiroga
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 60 anos
1125 textos (59655 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/08/20 04:33)
Stelo Queiroga