Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEFRONTE O PORTAL


       DEFRONTE O PORTAL

Subia a ladeira da vida, quando vi,
O céu abrir-se, e em rito sepulcral.
Apaguei o sorriso de um ser jovial.
Tremendo na base, e receios senti...

Recitei pecados e todo despreparo.
Relato chorando, que odiei o susto.
E disse o coveiro quanto foi injusto.
Toda correria em amores tão caros...

Vi as esperanças cozendo o destino,
Apesar de saber que poderia voltar...
E tal se dormisse eu poderia sonhar...

Adentro o portal, e como peregrino.
Enfrento desafios de minha jornada.
Levando comigo, lições acumuladas.
 
             Réplica ao texto:
 REFLEXOS DA PASSAGEM (T6571767)
            De: Poeta Carioca
Jacó Filho
Enviado por Jacó Filho em 12/02/2019
Código do texto: T6572868
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jacó Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 70 anos
4276 textos (340492 leituras)
1 e-livros (322 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/19 09:27)
Jacó Filho