Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Arrebol

Rede que embala amores não-vividos,
sofridos, expostos sem respostas...
Dói no peito ser amado e não ser livre
quando há tanto a ser compartilhado...

Chegastes há pouco, embriagastes
o gosto e o gesto com os teus, pois...
Fiquei só, sol, sofrendo nesse caminho
que proclama a caminhada a dois...

Meus poemas são temas ecoantes,
os teus são verdes, sonoros, olorosos
espalhando belos versos fulgurantes...

O arrebol já se faz e, naturalmente, é por lá
que também mora a poesia; esse patamar
encanta e também dos poetas é o lugar...
Eligio Moura
Enviado por Eligio Moura em 23/07/2018
Reeditado em 23/07/2018
Código do texto: T6398168
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Eligio Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1421 textos (32912 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/01/20 19:26)
Eligio Moura