Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Colégio Naval I

Nas águas cálidas, com o Sol a boreste,
na enseada Batista das Neves,
soprava um forte vento sudoeste...
Como sempre, pois nunca soprava leve...

Meu barco singra, velas enfunadas,
bombordo adernado. Que saudade:
meu velho barco de tantas paradas,
Colégio Naval minha mocidade...

O mar te banha, as montanhas te contêm...
Teus jardins, tuas salas, pátios, portões...
Que saudade: és meu berço também!

As lembranças trazem as emoções:
sexto tempo, trote, namoradas, meu bem...
Mas ele segue formando novas gerações...
Eligio Moura
Enviado por Eligio Moura em 06/03/2018
Código do texto: T6271995
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Eligio Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1415 textos (32730 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/01/20 23:41)
Eligio Moura