Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ilusão de cockpit

"A minha alma tá armada / E apontada para cara do sossego / Pois paz sem voz, paz sem voz / Não é paz, é medo" (Marcelo Yuka)

"(...) a comunidade realmente existente se parece com uma fortaleza sitiada, continuamente bombardeada por inimigos (muitas vezes invisíveis) de fora e frequentemente assolada pela discórdia interna (...)" (Zygmunt Bauman)

proteção pra perigosa invasão:
perfeito e impenetrável cockpit...
afasta o outro, impõe seguro limite
crer ser o silêncio paz e união

se faz o bem então estamos quites
muro ou fronteira é pro cruel vilão
e quando o de dentro é mau, decepção
mil perdões pras exceções quem permite?

a vasta imensidão do mapa-múndi
te amedronta muito mais que confunde
pérola de concha! beleza rara!...

de uma raridade tão virtual
quanto necessária!... mas ela é cara...
ilusão de cockpit... normal


12/01/2017


 




RENATO PASSOS DE BARROS
Enviado por RENATO PASSOS DE BARROS em 12/01/2017
Código do texto: T5880082
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
RENATO PASSOS DE BARROS
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 48 anos
164 textos (16374 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/05/21 20:04)
RENATO PASSOS DE BARROS