Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



De tanta saudade...

 
A brisa — perfumando a rosa — geme
tão terna e tão queixosa! Eu me arrepio...
Ao escrever estes versos a mão treme...
Ah! De tanta saudade me angustio...
 
Estás longe — distância essa tão íngreme—
e só tua lembrança aquece o frio.
Não fossem os meus versos, esse leme,
teria naufragado no vazio...
 
Quisera eu ser a rosa — tu essa brisa...
Ah! Bafeja-me as pétalas — me oprima...
Dar- te- ei meu doce mel, sei que precisa...
 
E que assim saciado desse enzima
não te vás nunca, nunca —  porém frisa:
é teu , só teu, este amor pelo qual prima...
 


( Imagem: google)
 soneto do livro " Sonetos Para um Amor"- disponível em
http://www.clubedeautores.com.br/book/211289--SONETOS_PARA_UM_AMOR#.WCRuK9IrLhk


 

 
 
Sonia de Fátima Machado Silva
Enviado por Sonia de Fátima Machado Silva em 10/11/2016
Código do texto: T5819061
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia de Fátima Machado Silva
Coromandel - Minas Gerais - Brasil, 56 anos
1254 textos (52341 leituras)
13 áudios (611 audições)
2 e-livros (128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 14:01)
Sonia de Fátima Machado Silva

Site do Escritor