Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Basta uma rosa

 
Pra mim basta uma rosa e o beijarei
com a maciez da seda e do orvalho
nacarado da flor...e então o amarei
c’a ternura do amor q’em verso coalho,
 
ou desfolho, a dizer que o seguirei
pelos caminhos retos... por atalhos
de espinhos... e teu aroma guardarei
 até no sangue seco de meus talhos.
 
E tu “rosas verá" dizia Cecília:
“mortas [ou] intactas pelo teu jardim”...
se a vida é curta, embora o amor eterno.
 
E sabes desfolhar o que há em mim
de eternidade: o sonho, o amor mais terno...
Basta um gesto: uma rosa e tu me brilha.
 



( Brinde de meu livro : 101 Sonetos- de Amor ou de Paixão)


( Imagem google)

Grifos de Cecília Meireles

Ps: Neste dia do escritor, quero abraçar a todos os recantista escritores e dizer que deixem as palavras voarem sempre para que possam alcançar a todos. Que seria do mundo sem os escritores? tem uma frase que gostei muito é do  Ernest Hemingway e ai repito aqui.Ele disse assim: "
Escreve, se puderes, coisas que sejam tão improváveis como um sonho, tão absurdas como a lua-de-mel de um gafanhoto e tão verdadeiras como o simples coração de uma criança." eu acho que é isso... Nada mais digo, ou melhor escrevo senão parabéns a todos os escritores.
Sonia de Fátima Machado Silva
Enviado por Sonia de Fátima Machado Silva em 25/07/2015
Código do texto: T5322936
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia de Fátima Machado Silva
Coromandel - Minas Gerais - Brasil, 56 anos
1299 textos (55984 leituras)
13 áudios (653 audições)
2 e-livros (139 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/08/20 22:41)
Sonia de Fátima Machado Silva

Site do Escritor