Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 
Pingos nos is
 

Só aparamos arestas
Botando os pingos nos is
Verdade que não se contesta
Provérbio que eu conheci
 
Diálogo como esse daqui
De saber a vida infesta
Só aparamos arestas
Botando os pingos nos is
 
A solidão não me molesta
Suas nuances jamais quis
Amo cantigas, e serestas
Os vaivens dos colibris
Só aparamos arestas
 

Valdomiro Da costa05/05/2020



Interação
 

 
Entendimento
 
Vou tentar te entender,
e te peço o mesmo enfim.
Briga só me faz tremer,
não quero isso pra mim,
 
Nos meus lençóis de cetim,
quero amar, quero viver.
Vou tentar te entender,
E te peço o mesmo, enfim.

Nunca vou me arrepender,
Corações estão a fim,
para que se aborrecer,
vamos fazer um festim.
Vou tentar te entender...
 

HLuna 28/06/2020


 
 
 

 
SEMPREPOETA
Enviado por SEMPREPOETA em 28/06/2020
Reeditado em 28/06/2020
Código do texto: T6990092
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
SEMPREPOETA
Sumaré - São Paulo - Brasil
1323 textos (91462 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/07/20 16:29)
SEMPREPOETA