Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUEM SOU EU NESTA HUMANIDADE.

Quem sou eu nesta humanidade que diferença faço nisto
Se não posso ser taxado de isenções de compromissos
Pois as minhas capacidades são muito desprestigiadas
Minhas contendas arrojadas não me aliviam aos litígios.

Eu faço a caça sem rumores e desconsolado eu insisto
E quase sempre meus temores superam meus fetiches
Quem sou eu nesta humanidade que diferença faço nisto
Se não posso ser taxado de isenções de compromissos.

Não rogo pragas a quem desdenha do meu ser a revelia
Mas eu busco as alegrias onde elas já não mas existem
Será que nunca fui capaz de dar vazão ao meu feitiço
Se não quiser me compreender se afaste eu não desisto
Quem sou eu nesta humanidade que diferença faço nisto.
                         (Miguel Jacó)

26/06/2020 08:42 - dilsonpoeta

VOCÊ É POETA TENTANDO MUDAR O MUNDO, COM POESIA! SUCESSO, AMIGO MIGUEL! TROVINHA:
"Eis me aqui na pandemia
Esperando a esperança
Como meu avô dizia:
Quem espera sempre alcança!"

(dilsonpoeta) Natal/RN. BOM DIA, LENDO-ME.
Para o texto: QUEM SOU EU NESTA HUMANIDADE. (T6987950)

Bom dia dilsonpoeta muito obrigado por esta incisiva interação aos meus pacatos versos, um abraço, MJ.


26/06/2020 10:01 - Jacó Filho

ACEITO SER QUEM DIZES

Aceito ser quem a tua alma reconhece,
E que em essência divina somos íntimos...
Irmãos na origem e dom que prevalece...

Somos de Deus, filhos e instrumentos,
Que em poesia, traduzimos suas obras,
Tornando-as eternas tais os monumentos...

Grato a Deus pela missão da caminhada,
Sinto-me pronto para novas jornadas...

(Reedição)Parabéns! E que Deus nos abençoe e nos ilumine... Sempre...
Para o texto: QUEM SOU EU NESTA HUMANIDADE. (T6987950)

Bom dia nobre alfaiate das letras Jacó Filho, muito obrigado por esta imperiosa interação
Aos meus pacatos versos.
Um abraço.
MJ.



Usuários do Youtube
vossas condutas me fascinam
antes de virar a esquina
terei mais de mil inscritos
é disto que necessito
para fazer transmissões ao vivo
https://youtu.be/oHMX92eMYwE

PUBLICADO NO FACE EM 25/06/2020
LUSO POEMAS, 25/06/2020

Miguel Jacó
Enviado por Miguel Jacó em 25/06/2020
Reeditado em 26/06/2020
Código do texto: T6987950
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Miguel Jacó
Taubaté - São Paulo - Brasil, 63 anos
3206 textos (190869 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/07/20 00:51)
Miguel Jacó