Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Que ritmo!

Vi luz, então, por traz dela,
na nossa festa do ‘enfim sós’...
Ela me olhou e confirmou
o amor que havia em nós...

Esse amor era a voz
que clamava uma vida singela...
Vi luz, então, por traz dela,
na nossa festa do ‘enfim sós’...

Carícias benditas, só elas,
desatavam os nossos nós,
curando as nossas mazelas...
E, enfim, sob os lençóis,
vi luz, então, por traz dela...
 
Eligio Moura
Enviado por Eligio Moura em 12/03/2020
Código do texto: T6885906
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Eligio Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1684 textos (44026 leituras)
140 áudios (1416 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/03/21 22:37)
Eligio Moura