Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A natureza do sucesso- Professor Pachecão

Um professor de cursinhos pré-vestibular lidando com alunos diariamente, com fome de aprendizado  cobrando conhecimento o tempo todo. Decide escrever um livro, uma  tarefa difícil pois teria que motivar, como um maestro distribui seu conhecimento ao longo de 184 paginas e onze capítulos.
Escreve um livro  didático e auto-motivador, Com base na natureza e suas leis naturais dividindo-o em duas partes teórica e pratica, nos levando a refletir a importância dos ensinamentos naturais que na maioria das vezes passam despercebidamente em nossa vida diária . Numa linguagem simples e extrovertida passa sua mensagem  de otimismo e perseverança relatando suas experiências pessoais e como exímio professor de física passa seu conhecimento relembrando vários conceitos da física e comenta sobre alguns grandes pensadores da história.
No capitulo um, explica sobre a Lei da conservação de energia nos orientando a manter pensamentos positivos e de paz, porque pensar negativamente nos rouba energia e nos impede muitas vezes de nos mover. Dando um alerta de que devemos transformar nossas energias positivas em ações, pois elas que dão um resultado favorável, ao contrário das negativas que anulam os resultados.
No capitulo dois, A terceira Lei de Newton, ação e reação. Neste capitulo ele diz a importância de nossas ações e atitudes durante nosso caminho, afinal de contas nossas ações podem ser motivadores e resultar na reação das pessoas ao nosso redor. E que o nosso sucesso depende de nossas atitudes e ações.
No capitulo três, Foco. Neste capitulo ele atenta a nossa necessidade de criarmos metas e direcionarmos nossas ações em prol de um objetivo, independente da idade porque nunca é tarde pra recomeçarmos.
Capitulo quatro, Óptica – A luz .Vivemos numa época que se dá muito valor a imagem, somos julgados muitas vezes por nossa apresentação pessoal, como uma marca pessoa sendo observado nossa honestidade, responsabilidade, otimismo, relacionamento com as pessoas formando nossa marca pessoal como figura de reflexão ( luz ).
Capitulo cinco, Eletricidade. O medo paralisa as pessoas, afasta uma das outras, bloqueando os contatos, pois uma pessoa motiva é capaz transformar o ambiente e neste capitulo mostra esta ótica, que devemos ser entusiasmados em realizar as tarefas.
Capitulo seis, a Segunda Lei de Newton. Cada um tem seu talento  e sua competência e não constituem um problema e sim uma solução e devemos buscar uma mesma direção e um mesmo sentido pois obteremos maior êxito quando trabalharmos em equipe, isso acontece o tempo todo em nossas vidas. Se ficarmos parados, ou buscarmos caminhos opostos além de atrapalharmos o sentido natural das coisas ainda não estaremos contribuindo com nada em nossa vida.
Capitulo sete, ondas. Revela o poder de nossa comunicação e sua importância em nossa vida. Num mundo cada vez mais voltado as comunicações seja internet, TV, rádios, celulares  fluindo em ondas o tempo, precisamos ser precisos pra buscarmos e acharmos esta mensagem que o mundo  quer.
Capitulo oito, Primeira Lei de Newton, a Lei da inércia e a inovação.Praticamente todos nós já deparamos com situações que nos cobraram mudanças radicais, que a princípio nos deixaram sem chão e que tivemos que romper com a inércia que nos acomodava a vida e nestas paginas ele nos leva a inovar e mudar.
Capitulo nove,Física moderna. A importância de sonharmos é abordada neste capitulo, pois os sonhos intensos se tornam coisas palpáveis, passamos agir em prol deles como força criadora.
Capitulo dez, Força Gravitacional. A natureza quer que estejamos próximos, que sejamos apenas um, a medida que nos aproximamos, mais nos atraímos e mais fortalecidos ficamos, pois entre dois corpos  existe uma força de atração. Precisamos uns dos outros esta é uma verdade e a harmonia deve existir para que os ideais aconteçam. Pachecão retrata com seu jeito cômico alguns acontecimentos de sua vida e a persistência em busca de seus sonhos, não deixando de levar pelo desânimo diante de uma situação que não deu certo, pelo contrário criava novos cenários e continuou sua meta até cumpri-la e recriar outra. A vida continua num ciclo vicioso ... Não podemos parar de sonhar, de correr atrás.
Capitulo 11, A Décima Primeira Lei.Mostra a importância de nos fortalecermos espiritualmente independente do credo, precisamos ir além da parte física e intelectual. O acreditar nesta força invisível levou muitas pessoas a transformar o impossível em algo palpável.
O livro nos revela a naturalidade que os fatos acontecem em nossa vida, a natureza nos ensina, os animais, o vento, a luz, tudo em movimento nos forçando também a romper a inércia que nos cerca. Se captarmos estas idéias e conseguirmos colocá-las em pratica romperemos o trivial e alcançaremos nossa glória pessoal. Este livro serve pra você aluno da vida, administrador de sua existência. Recomendo a todos.

Renato Rinpoche
Enviado por Renato Rinpoche em 07/11/2010
Código do texto: T2602142


Comentários

Sobre o autor
Renato Rinpoche
Vazante - Minas Gerais - Brasil, 42 anos
17 textos (2424 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/08/20 04:16)
Renato Rinpoche