Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POVEDA
(Espanha – 1916)

Nair Lúcia de Britto

Neste último domingo (26-07-20) a Sessão Ágape de Cinema, da TV Pai Eterno, transmitiu um excelente filme, espanhol, contando a tragetória do padre Pedro Poveda. Ele teve um papel importantíssimo na área da Educação, não somente como um sacerdote, mas como uma pessoa  que dedicou sua vida para um mundo melhor, mais justo e mais humano. Este filme é imperdível!  

O padre Pedro Poveda nasceu no dia 3 de novembro de 1874,  na Espanha, em Linares. Cresceu no seio de uma família de sólidos valores cristãos. Sua vocação para se tornar padre se manifestou  quando ele ainda era um garoto. Entrou para o Seminário de Guadix, Granada, e foi ordenado com 23 anos de idade. Em 1897 e, em 1900, recebeu o diploma de Teologia, em Sevilha.

Em Guadix havia um povo cigano que morava em cavernas e em condições precárias; e cuja ignorância era manifestada por sua rebeldia. Foi justamente junto a esse povoado hostil que Poveda começou seu trabalho de Evangelização cristã. Para melhor ajudá-los em suas dificuldades o Padre mudou-se para uma caverna, junto a eles.

Na cidade ele angariava roupas e alimentos para levar aos ciganos. Viu logo a necessidade de criar uma Escola para educar as crianças. Além de criar essa Escola, criou outra para os adultos, no período noturno.

Em 1905 foi obrigado a abandonar seu trabalho nas grutas por ordens superiores; mas não sem deixar uma semente plantada.

Na Espanha, 68% dos homens e 79% das mulheres eram analfabetos. As mulheres eram as mais prejudicadas pela idéia acirrada de que elas deviam se ater aos trabalhos domésticos.

Consciente da gravidade desse problema social, Poveda fundou a Academia Santa Tereza de Ávila, em Oviedo, no ano de 1911. O objetivo era treinar as mulheres que estudavam para se tornarem professoras.

Convidava a população para que trabalhassem por uma transformação social mais justa e mais humana, com base nos valores ensinados pelo Evangelho. Em 1914, em Madri, Poveda abriu a primeira residência universitária da Espanha, para as mulheres, nas quais confiava serem grandes auxiliares no seu projeto.

Todo seu trabalho em pró da Educação chamou-se Associação Teresiana. Além de padre, Poveda é considerado um pedagogo, um escritor e um humanista.

Durante a Guerra Civil que ocorreu na Espanha, porém, Poveda foi considerado um inimigo dos republicanos que queriam descristianizar as Escolas. No dia 28 de julho de 1936 parlamentares foram procurá-lo em sua residência. Quando indagado sobre sua identidade, ele respondeu:  
“Sou sacerdote de Cristo”.

Logo após sua prisão, tiraram-lhe a vida covardemente, usando armas de fogo. Poveda morreu por sua fidelidade religiosa e pela causa da Educação.

No dia 4 de maio de 2003 San Pedro Poveda Castroverde foi canonizado pelo Papa João Paulo II, em Madri, na Espanha. E seu trabalho prossegue por muitos dos seus seguidores nos quatro continentes, pela Associação Teresiana.


Fonte de pesquisa: Wikipédia
 
Nair Lúcia de Britto
Enviado por Nair Lúcia de Britto em 28/07/2020
Código do texto: T7019647
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Nair Lúcia de Britto
São Vicente - São Paulo - Brasil
628 textos (70930 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 07:07)
Nair Lúcia de Britto