Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O filme da escuridão

O FILME DA ESCURIDÃO
Miguel Carqueija

Resenha do filme “A casa” (La casa muda). Tokyo Films, Uruguai, 2010. Produção: Gustavo Rojo. Direção e edição: Gustavo Hernández. História original: Gustavo Hernández e Gustavo Rojo, com base em fatos reais. Música: Hernan González. Roteiro: Oscar Estevez. Com Florencia Colucci (Laura), Abel Tripaldi (Nestor), Gustavo Alonso (Wilson) e Maria Paz Salazar (menina).
Primeiro filme uruguaio que eu assisto, “La casa muda” é diferente de tudo o que eu já vi, filmado quase o tempo todo na escuridão, só com iluminação de lampião e com uma sensação de perigo iminente e desconhecido acompanhando os hesitantes movimentos da protagonista Laura. Ela e o pai Wilson chegam a uma casa de campo a pedido de um amigo, Nestor, que pretende vender o local mas precisa que façam uma reforma. Pai e filha se prontificam a passar a noite no lugar e começar no dia seguinte os trabalhos. Em si o trato é muito estranho, mas dá origem ao drama. A casa não tem iluminação elétrica.
Este detalhe mostra que o roteiro é muito inteligente ou faltou dinheiro para as luzes e um cenário normal.
Quando Wilson sobre ao andar superior para verificar a origem de ruídos e aparentemente alguma coisa lhe acontece, começa a insólita jornada de Laura em plena escuridão, enxergando apenas o que a sua fraca luminária permite; e isso em cenas lentas, intermináveis e tensas, com gemidos de medo.
O filme porém caminha para uma reviravolta que só não esclarece tudo porque não convence, de tão inverossímil.
Nem as produções em preto-e-branco do cinema mudo e passadas à noite eram tão escuras. A atriz Florencia Colucci desempenha bem seu papel angustiante, aliás ela aparece sozinha na maior parte da projeção.

Rio de Janeiro, 20 e 21 de outubro de 2019.
Miguel Carqueija
Enviado por Miguel Carqueija em 11/12/2019
Código do texto: T6816526
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Miguel Carqueija
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 71 anos
3132 textos (214292 leituras)
56 e-livros (5198 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/01/20 20:09)
Miguel Carqueija