Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

10 questões sobre Predicado, Complemento Nominal e Termos Acessórios

* Essas questões estão incompletas: faltam imagens, textos e destaques. Preciso refazer.

QUESTÃO 15
Na imagem acima, no enunciado “Ele não parece muito aborrecido”, o verbo em destaque expressa
 
a) (      ) aparência de estado.

b) (      ) mudança de estado.

c) (      ) continuidade de estado.

d) (      ) estado transitório.


QUESTÃO 16
No texto I, os predicados que se iniciam com os verbos “parece” e “fez” são classificados, respectivamente, como

a) (      ) verbal e nominal.
 
b) (      ) verbo-nominal e verbal

c) (      ) nominal e verbal

d) (      ) nominal e verbo-nominal


QUESTÃO 17
Na canção “Quase sem querer” de Renato Russo, da estrofe “Tenho andado distraído / Impaciente e indeciso / E ainda estou confuso / Só que agora é diferente / Estou tão tranquilo / E tão contente” é correto afirmar que (,)

a) (      ) no segundo verso, o verbo “ser” está em elipse.

b) (      ) no primeiro verso, o predicado pode ser classificado como nominal ou verbo-nominal , pois o enunciado possui dupla significação.

c) (      ) os predicativos “distraído”, “impaciente”, “indeciso”, “confuso”, “diferente”, “tranquilo” e “contente” caracterizam o mesmo sujeito oculto: “eu”.

d) (      ) no último verso, apesar da elipse do verbo, o predicado pode ser classificado como verbal.

QUESTÃO 18
Na canção “Amanhã é 23” de Paula Toller e George Israel, da passagem “As entradas do meu rosto / e os meus cabelos brancos / aparecem a cada ano / no final do mês de agosto” é correto afirmar que

a) (      ) os termos em destaque exercem a função sintática de adjuntos adnominais porque qualificam, quantificam, especificam ou determinam um substantivo.
 
b) (      ) os termos em destaque, por serem adjuntos adnominais, fazem parte dos dois núcleos do sujeito composto.

c) (      ) artigos, pronomes adjetivos, locução adjetiva, verbos e adjetivos exercem a função de adjunto adnominal.

d) (      ) “de agosto” é locução adverbial de tempo.


QUESTÃO 19
No texto II, dos enunciados “Tá com raiva do namorado?”, “Morde aqui.” e “Serenata de amor. Não tem mau humor que resista.”, é correto afirmar que (,)

a) (      ) os termos em destaque são, respectivamente, complemento nominal e complemento verbal.
 
b) (      ) “do namorado” é adjunto adnominal

c) (      ) os termos em destaque são, respectivamente, complemento verbal e adjunto adnominal.

d) (      ) ao suprimir o complemento do substantivo raiva, a peça publicitária perde, em parte, referência à contextualização da propaganda cujo objetivo é relacionar o nome e o sabor do produto a relacionamentos amorosos.

QUESTÃO 20
No texto III, dos enunciados “Converse com seus filhos sobre assuntos polêmicos e delicados.” e “ Adjunto adverbial, por exemplo.”, é correto afirmar que (,)

a) (      ) o termo em destaque é adjunto adverbial de companhia.
 
b) (      ) “por exemplo” é adjunto adverbial de modo.

c) (      ) “adjunto adverbial” é aposto de “assuntos”.

d) (      )  “polêmicos” é complemento nominal de “assuntos”


Ritual da madrugada - TEXTO IV (de Iêda Dias em Canção da menina descalça, 1993[com adaptações])
Augusta era fada.
Com varinha mágica tecia:

estrelas nas colchas
trepadeiras nas janelas.

Às três da manhã
penteava o cabelo

comprido, comprido...

passava o pente vagarosa-
mente
e vagarosamente tecia a trança
_ Trança de fada.

QUESTÃO 21
Sobre os aspectos sintáticos do poema “Ritual da madrugada” de Iêda Dias, é correto afirmar que (,)

a) (      ) no verso “Com varinha mágica tecia”, o termo em destaque é adjunto adverbial de meio.
 
b) (      ) nos versos “estrelas nas colchas” , “trepadeiras nas janelas”, e “Trança de fada”, os termos em destaque são complementos nominais de estrelas, trepadeiras e trança.

c) (      ) a palavra vagarosamente tem o mesmo som e a mesma função sintática dos termos vagarosa mente.

d) (      ) nas duas ocorrências, o termo vagarosamente é adjunto adverbial de modo.

QUESTÃO 22
Nas frases de Jô Soares, o termo em destaque está de acordo com a classificação sintática entre parênteses, exceto em

a) (      ) “O bom astronauta vive no mundo da lua.” (adjunto adverbial de modo).
 
b) (      )  “Adorava andar de navio. Só não gostava do oceano.” (adjunto adverbial de meio)

c) (      ) “A orquestra era tão ruim que as pessoas só dançavam nos intervalos.” (adjunto adverbial de lugar)

d) (      )  “Nada mais saudável do que uma boa dieta entre as refeições.” (adjunto adverbial de tempo)

TEXTO V
minha mãe dizia
— ferve, água!
— frita, ovo!
— pinga, pia!
e tudo obedecia
(Paulo Leminski em Poesia fora da estante. In: Vera Aguiar, coord. Porto Alegre: Projeto, 1995. p.104.)

QUESTÃO 23
Sobre os aspectos sintáticos do Texto V, é correto afirmar que (,)

a) (      ) os três primeiros versos poderiam ser assim reescritos sem prejuízos sintáticos ou semânticos: “ água ferve! / ovo frita! / pia pinga!”

b) (      ) o termo em destaque é um aposto recapitulativo.

c) (      )  a mãe do poeta evoca coisas personificadas, portanto, água, ovo e pia são apostos enumerativos.

d) (      ) o pronome tudo refere-se à mãe do poeta porque ela é quem pratica as ações de ferver a água, fritar o ovo e abrir a torneira da pia.
 
 

Versos Íntimos – TEXTO VI
 
Vês! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão – esta pantera –
Foi tua companheira inseparável!

Acostuma-te à lama que te espera!
O Homem, que, nesta terra miserável,
Mora, entre feras, sente inevitável
Necessidade de também ser fera.

Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja.

Se a alguém causa inda pena a tua chaga,
Apedreja essa mão vil que te afaga!
Escarra nessa boca que te beija!
(Augusto dos Anjos)
 
QUESTÃO 89
Sobre os aspectos sintáticos e semânticos do texto VI, marque (C) para as afirmações corretas e (E) para as afirmações erradas.

a) (     ) O verso “Enterro da tua última quimera” significa que a tua última quimera foi enterrada, portanto, o termo em destaque é um complemento nominal.

b) (      ) No verso “O beijo, amigo, é a véspera do escarro” a palavra em destaque é um adjetivo que caracteriza o termo antecedente beijo.

c) (       ) No verso “Somente a Ingratidão – esta pantera - ”, os travessões poderiam ser substituídos por vírgulas sem prejuízo semântico ou sintático, pois o termo em destaque é um aposto explicativo que caracteriza o vocábulo antecedente Ingratidão.

d) (       ) No verso, “O beijo, amigo, é a véspera do escarro”, o predicado em destaque é verbo-nominal.

e) (       ) Nos versos “O Homem, que, nesta terra miserável, / Mora, entre feras,”, os termos em destaque são, respectivamente, adjuntos adverbiais de lugar e de companhia.




GABARITO

15 - a
16 - c
17 - b
 
18 - a
19 - d
20 - c
21 - d
22 - c
23 - b


89
– a (C)
- b (E)
- c (C)
- d (E)
- e (C)


RENATO PASSOS DE BARROS
Enviado por RENATO PASSOS DE BARROS em 19/10/2015
Reeditado em 20/10/2015
Código do texto: T5420394
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
RENATO PASSOS DE BARROS
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 47 anos
163 textos (15241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/08/20 04:30)
RENATO PASSOS DE BARROS