Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARATY

PARATY (barcarola caiçara)

Nem a mata, por atlântica,
Nem a serra à beira-mar,
Convêm às coisas de amar
Quanto a luz ultrarromântica
De Paraty e seu mar...

Belezas há nas enseadas,
Nas falésias e nos costões.
Nas praias, mil corações
Em tardes enamoradas
Entre juras e canções.

Belezas há nos veleiros,
Nas canoas indo-e-vindo...
O sol no mar reluzindo
Os seus raios derradeiros
Nas cores do dia findo.

Todavia, mais beleza
Tem o olhar de minha amada
Quando por ampla mirada
Tenho toda a Natureza
Em seus olhos espelhada.

Nem a mata, por atlântica,
Nem a serra à beira-mar,
Convêm às coisas de amar
Quanto a luz ultrarromântica
De Paraty e seu mar...

Paraty - 27 07 2019
Ricardoc Cunha
Enviado por Ricardoc Cunha em 15/09/2019
Código do texto: T6745270
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardoc Cunha
Betim - Minas Gerais - Brasil, 43 anos
1760 textos (13392 leituras)
9 e-livros (224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 01:26)
Ricardoc Cunha