Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Há 30 anos, entre as 4 e 5 da madrugada



         ... nasceu dentro de mim a Flor de todas as Flores
             aquela que me mantem viva sem proclamar por mim
             esta, de sorriso largo por vezes mal humorado
                por não saber de mim ...
         ... ainda não me cansei de repetir estas horas,
             aquela primeira vez que te vi em meus braços
             no meu peito dormindo, apenas a sentir
                o badalar do coração ...
         ... correram trinta anos como um relâmpago
             se assim não fosse, o tería esquecido hoje
             mas a flor floresce e presinto que ao anoitecer
                mais um botão agradece ...
         ... ás estrelas do universo lhe dei teu nome
             tu que deixas assim  cheia de desejos, com sorrisos
             tu, minha Flor que cresce
                 sem saberes das minhas dôres ...
         ... não basta só falar do amor, nem das conquistas
             não chega não preciso nem quero repetir mais o conceito
             a relação entre ti e mim
                 ela existe, tu meu grande Amor.
Divavid
Enviado por Divavid em 09/10/2019
Código do texto: T6764804
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Divavid
Köln - Nordrhein-Westfalen - Alemanha
1082 textos (54729 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/19 01:28)
Divavid