Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REMINISCÊNCIAS OUTRAS

   00.417


   Sábado, 10 de Novembro de 2018


   " O couro comia"
   Uma pequena frase com mais de um sentido. Ou seria "dizer?" Sim, porque podia se referir a excesso, ou até mesmo briga. Mas nesse caso era o racha entre a molecada. Ou à rapaziada, já adultos jovens, nas faixas de idade entre 18, 20 ou 25 anos. A pelada* era um compromisso sagrado da turma.
   Quase sempre aos Sábados e Domingos porque a maioria trabalhava. Não era como hoje onde grande parte já nessa idade está à custa dos pais, só estudando. E alguns, nem isso. Como os tempos mudaram.
    Era num campinho careca, sem nenhum resquício de grama. Mas era o suficiente para proporcionar prazer em todos. Fora alguns arranhados e ralados, todos escapavam inteiros. Ou quase. Valia ali só a diversão, mesmo. Mas até que saía uma quizumba*, vez ou outra. Mas nada que uns sopapos pra lá e pra cá não resolvesse a questão. Após isso, tudo voltava como dantes. A amizade continuava.
    Antes e depois a turma se reunia na porta da padaria do bairro. Mas sempre do mesmo lado, o da esquerda. Porque do lado direito era de outra turma. Essa não jogava pelada. Só curtia um baseado*. Mas não havia atrito entre as patotas. Mas todos se conheciam entre si.
Aloisio Rocha de Almeida
Enviado por Aloisio Rocha de Almeida em 22/05/2019
Código do texto: T6653992
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aloisio Rocha de Almeida
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
2448 textos (38599 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/19 07:08)
Aloisio Rocha de Almeida