Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Redação 2018: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet -


Ore todos os dias, nunca desista,
mesmo se a dor e a sofrência parecerem tantas
veja que Jesus por você tudo passou
para enfrentar
a vida
e a morte
só por amor de sua salvação.


A oração é a ponte, a chuva,
a alegria de sermos filhos de Deus em Jesus,
a conexão entre o humano e o divino pela cruz e a divina ressurreição.
A oração é o nosso pulmão espirital
de conexão entre a alma e Deus.
J B PEREIRA

Obrigado, Senhor Deus!
(Papa Francisco, 01/janeiro/2015)

“Recolhamos, como que num cesto, os dias, as semanas, os meses que vivemos, para oferecer tudo ao Senhor!
E questionemo-nos corajosamente: como estamos vivendo o tempo que Ele nos concedeu?
Usamo-lo sobretudo para nós mesmos, para os nossos interesses, ou sabemos usá-lo também para os outros?
Quanto tempo dedicamos a estar com Deus, na oração, no silêncio, na adoração?”

Seja bem-vindo ao blog de São João del-Rei! Nesta página você encontrará história, tradições, informações, fotos, vídeos e curiosidades desta que é uma das mais importantes cidades históricas brasileiras. Mais...
__________________

Lc (14, 12-14)
Evangelho do dia

Jesus disse ao que o tinha convidado:
" - Quando você der um banquete ou jantar, não convide seus amigos, irmãos ou parentes, nem seus vizinhos ricos! Se o fizer, eles poderão, por sua vez, convidá-lo, e assim você será recompensado! Mas, quando deres um banquete, convida os pobres, os aleijados, os mancos e os cegos! Feliz serás, porque estes não têm como retribuir!
A tua recompensa virá na Ressurreição dos justos!"
Continue Lendo...

(Baixar em PDF)

Recadinho

Preciso da ajuda de Deus? Como peço?
Retribuo a infinita Bondade de Deus para comigo?

Por que traem a Deus aqueles que não caminham pelo caminho que, através de Jesus, Ele nos indicou?

Como fazer Caridade!

De nada serve fazer caridade a quem pode me pagar! Qual a recompensa que espero receber? Se desejo recompensa deste mundo, estou buscando somente para este Mundo! Devo procurar ser rico de dinheiro, ser reconhecido pela sociedade, e só me preocupar comigo e com os meus familiares e amigos. Mas se quero o reconhecimento de Deus, devo fazer o que ensina Jesus!

Aprendo com Jesus que é quem pode me salvar, pois Deus O enviou para salvar ao Mundo! Tudo o que tenho, o que possuo nesta vida, começando pela própria vida, foi Deus quem me deu. Tudo que eu imaginar, vem de Deus ou porque Ele permite que aconteça. Se nada tenho, nada posso dar, é claro. Mas isso no plano material!

 Caridade é ajudar a quem não pode me pagar. Afinal, o que Deus deseja é a comunhão de tudo que pertence a Ele. Mas a Humanidade não quer entender as coisas de Deus, e vive na escuridão! Nada neste mundo é eterno! Tudo passa, menos meu caminho para Deus! Ele me dará sua Graça de viver eternamente na Paz!
 
Ação gratuita me aproxima de Deus!

A gratuidade tem sua força! A fraqueza se revela no interesseiro!
Tudo o que faz, faz por interesse pessoal, buscando retribuição, reconhecimento, vantagens, enquanto também é possível agir de graça, sem interesses, de forma gratuita, sem busca de retribuição!
Devo fazer tudo por Amor, pelo bem de meu próximo.
Devo agir sempre sem interesse pessoal.
A ação gratuita me aproxima de Deus, desfaz a força da violência e diminui as distâncias!
 

O dom de Deus é gratuito!

O início da Graça é gratuito, por isso é Graça. Deus toma a iniciativa livremente, porque quer, por Amor!
Ele começa dando Graça para que a boa ação seja feita.
Uma recompensa para as boas ações está preparada para a Ressurreição dos justos. Deus assim prometeu para estimular nossa fraqueza.
Não caminhamos, porém, em busca de recompensas!
A boa ação contém uma alegria que lhe é própria.
O pobre, o coxo, o aleijado e o cego, aos quais proporcionamos um momento de dignidade, são a alegria oculta na ação praticada!
O banquete dos pobres na Terra é sinal do banquete do Céu, onde tudo é Graça.
Quem organiza o banquete para o pobre que não pode retribuir, sinaliza a gratuidade do Amor que não espera retribuição, mas a aceita.

O Evangelho (Lc 14, 12-14) me ensina que, para fazer o bem, o cristão nunca deve esperar recompensa!

Aqueles que estão preocupados com seus problemas, sem olhar para os do próximo, não estão aptos para participar do banquete do Reino!

Necessita de uma abertura a todos os seres humanos e a todos os ideais de Humanidade!

“Aparecida das Águas” nos convida:

Sejamos discípulos missionários do Redentor!

APOIO:
Nossa mensagem lhe foi útil?
- Quer colaborar conosco?

Escreva para:

E-mail: contato@aparecidadasaguas.com

_____________

Na edição de 2018, o tema da redação foi "Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet".

Os textos motivadores para desenvolver a redação envolveram reportagens publicadas nos sites 'El País', 'BBC' e 'Outras Palavras', além de um gráfico sobre o uso da internet no país.

https://g1.globo.com/educacao/enem/2018/noticia/2018/11/04/redacao-do-enem-2018-o-que-dizem-os-textos-que-inspiraram-o-tema-da-prova.ghtml

__________

As provas do ENEM acontecerão em dois domingos consecutivos,
dias 04 e 11 de novembro de 2018.

Assim, os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no Portal
do Inep e no aplicativo oficial do Enem até o terceiro dia útil após
 a realização das últimas provas, próxima quarta-feira, 14 de novembro.
______________

O Enem é hoje a principal porta de entrada no ensino superior do Brasil por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).
Além disso, o MEC utiliza as notas para distribuição de bolsas de estudo em universidades particulares pelo Prouni e para preencher vagas no Programa de Financiamento Estudantil (Fies).
Lembrando que o ENEM não serve mais para ter o diploma de nível médio; esta certificação voltou a ser feita por meio da avaliação do Encceja.

___________

Das provas

O ENEM 2018 terá quatro provas objetivas com 45 questões cada (180 no total), mais uma redação em língua portuguesa. A prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação) e de Ciências Humanas (Filosofia, Sociologia, História e Geografia), mais a redação de tema da atualidade ocorreram no dia 04/11.

Já no segundo domingo, 11 de novembro, é a vez de Ciências da natureza (química, física e biologia), além de Matemática, com 5 horas de duração.

____________

Tema da redação:

"Manipulação do comportamento do usuário
pelo controle de dados na internet".


TÍTULO

O sentido crítico do uso das mídias

J B Pereira

Jean Braldilac nos afirma que "o virtual é mai real que o real". Nesse sentido, o mundo da mídia se constitui no universo de demandas e desejos que vai nos surpreendendo. O consumismo aliado ao século global e das novas tecnologias parecem nos comandar cada vez mais. Veja como as "liturgias" dos shoppings direcionam nosso objetivo para fórmulas da pós-modernidade, onde o novo vai ficando antigo.
Contudo, o desafio de "conquistar estrelas nos impedem de atravessar ruas..."
A ideologia neoliberal articulada aos sistemas globalizantes forjam ricos e  circulam migrações mil. O que nos impede de ser solidários? E superarmos toda desigualdade quando alavancamos tanta tecnologia?
A hipocrisia antiga e perversa continua a minar as relações inter-humanas e internacionais. Os antigos problemas exigem soluções novas, dizem. Mas, não acontecem! As mobilizações são manipuladas por ideologias e a dispersão vence em acomodamento lá onde havia revolução de massas. Saímos da era dos direitos civis e hippies ao clamor de empregos em pleno seculo XXI, onde a corrução é enorme onde impera fome e alienação. Os jovens tem o celular e se distancia de seu modus vivendi e operandi.
E os saberes seculares disponibilizados nos bancos de dados e jovens morrem mais e mais na selva de pedra, no jogo desigual de narcotráfico e do prostituição tão antiga quanto a humanidade. Pensamos ser livres e ainda somos dependentes de tanta "coisa" - gostamos de pessoas e amamos objetos...
Todos massificados - vestem e quase pensam iguais, embora sejam tão diferentes. Cheios de dinheiro às vezes, muitas vezes deprimidos. Sim, doentes sistematicamente. Ansiosos de utopias, mas de pouca valia.
E andamos com as paixões coletivas e esquecemos de cuidar do essencial: do espírito, do respeito pelo outro, da ecologia. Fala-se tanto em direito, mulheres, lazer, no entanto, somos oprimidos, matamos, trabalhamos tanto ou nada temos...
E vestimos quase igual ao nova-iorquino.
O celular nos aproximou dos distantes e do anonimato, mas nos tornou carentes, isolados, depressivos e distantes dos mais próximos e familiares.
E o risco de se perder no labirinto das informações e o vazio existencial, próprio quando a sociedade vai se tornando cada vez mais complexa à medida que domina outros meios de tecnologia.
Diante das influencias da mídia poderosa cotidianamente, o simples indivíduo deixa ou pode deixar de ser sujeito para se sujeitar ou subordinar-se ao virtualismo sistematizado. Ser pensado e não pensar?
E a capacidade de ponderar-se nos dá a não sujeição ao tudo que nos quer dominar. E espiritualização, meditação, resiliência, trepidação sobre seu sentido de viver o faz rebelar-se à disciplinarização quando não vinda de sua reelaboração do eu profundo e da crítica a si e do mundo para ser quem deseja ser e ser útil sem cair no utilitarismo e robotização do sistema.
Para isso, a educação fará a diferença pela capacidade crítica de acesso à informações, desejo de superar o egocentrismo e ostracismo impostos pelas formas preconceituosas. Nem ser apenas o "homo faber", mas o "homo ludicus et criticus" superara a "antropeia" como construção de sentido não manipulável - utopia possível de viver e plausível de ser diferente como alteridade criativa no mundo. Educação é processo e não submissão de mercado. Enquanto se vive, não estamos prontos e não podemos nos reduzir às ideologias consumistas e tecnicistas. É preciso reinventar-se a cada momento para não se submergir à tentação do mercado e da devoração massificante das mídias.
E construir relações humanas sólidas e saudáveis evidencia o propósito das pessoas à busca de sociedades alternativas como utopias quando os sistemas nos manipulam e massificam...

VEJA TEXTOS MOTIVADORES EM:

https://g1.globo.com/educacao/enem/2018/noticia/2018/11/04/redacao-do-enem-2018-tem-como-tema-manipulacao-do-comportamento-do-usuario-pelo-controle-de-dados-na-internet.ghtml
J B Pereira e https://www.acheconcursos.com.br/noticia/gabarito-do-enem-2018-sai-pelo-inep-ate-a-proxima-quarta-feira-6427
Enviado por J B Pereira em 06/11/2018
Reeditado em 08/11/2018
Código do texto: T6495890
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2269 textos (1188007 leituras)
14 e-livros (84 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/19 18:36)
J B Pereira