Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"OS BANDIDOS CORRUPTOS DEPOSITAM SUAS FORTUNAS DE SANGUE POR TRÁS DA CORTINAS DE FERRO E DE BAMBU" por GÉSNER LAS CASAS = RETALHOS D'ALMA =

“UM ALERTA AO JUÍZES E MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL NO BRASIL” – {EXATAMENTE COMO OS PIRATAS CORSÁRIOS E OS MEMBROS DA GARDUNHA, OS CRIMINOSOS DE HOJE ESCONDEM OS DESPOJOS TIDOS COMO SEUS TESOUROS E MOEDAS SUJAS DE SANGUE POR TRÁS DAS FRONTEIRAS DAS CORTINAS DE FERRO E DE BAMBU. OS CRIMINOSOS SEMPRE SE JUNTARAM AOS SEUS IGUAIS EMBORA JAMAIS PRATIQUEM ATOS DE HONRADEZ E LEALDADE A QUEM LHES DÊ GUARIDA E ALGUMA PROTEÇÃO. BANDIDOS CRIMINOSOS NÃO TÊM HONRA. MAS, TÊM REGRAS EM ESTATUTOS RÍGIDOS.}                                       SEXTA-FEIRA, 16 DE JUNHO DE 2017 – POR GÉSNER LAS CASAS – ATENÇÃO. MUITA ATENÇÃO. A MENTE CRIMINOSA IMITA CRIMES DO PASSADO - <EM MEADOS DOS ANOS 80, A MÁFIA ATUAVA ATÉ MESMO NA ESFERA PÚBLICA ITALIANA, SUBORNANDO EMPRESÁRIOS, E POLÍTICOS DE DIVERSOS CARGOS. MAS A SOCIEDADE ITALIANA NÃO SE DEIXARIA DOMINAR PELO CRIME ORGANIZADO POR TANTO TEMPO. OS SISTEMAS PENAL E JUDICIÁRIO FORAM MODIFICADOS E DOTADOS DE INSTRUMENTOS MAIS DUROS DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO. DURANTE A OPERAÇÃO "MÃOS LIMPAS", CENTENAS DE MAFIOSOS FORAM PRESOS, LEVADOS A JULGAMENTO E CONDENADOS. A OPERAÇÃO "MÃOS LIMPAS" FOI UMA INVESTIGAÇÃO JUDICIAL DE GRANDE ENVERGADURA QUE VISAVA ESCLARECER OS CASOS DE CORRUPÇÃO DURANTE A DÉCADA DE 1990, NA SEQUÊNCIA DO ESCÂNDALO DO BANCO AMBROSIANO EM 1982, QUE IMPLICAVA A MAFIA, O BANCO DO VATICANO E A LOJA MAÇÓNICA P2. O BANCO AMBROSIANO, RENOMEADO DE BANCO AMBROSIANO VENETO APÓS A FUSÃO COM O BANCO CATÓLICO DO VÊNETO, FOI UM DOS PRINCIPAIS BANCOS PRIVADOS CATÓLICOS ITALIANOS. NO CENTRO DAS OPERAÇÕES QUE LEVARAM A RUÍNA DO BANCO ESTAVA O SEU PRINCIPAL EXECUTIVO, ROBERTO CALVI E SEUS COMPANHEIROS DA LOJA MAÇÓNICA P2 OU PROPAGANDA DOIS. O BANCO DO VATICANO ERA O PRINCIPAL PARCEIRO DO BANCO AMBROSIANO; E COM A SÚBITA MORTE DO PAPA JOÃO PAULO I EM 1978, SURGIRAM RUMORES DE QUE HAVERIA LIGAÇÕES COM AS OPERAÇÕES ILEGAIS DAQUELA INSTITUIÇÃO. O BANCO DO VATICANO TAMBÉM FOI ACUSADO DE DESVIAR VERBAS SECRETAS DOS ESTADOS UNIDOS, DO SINDICATO SOLIDARIEDADE DA POLÓNIA E OS CONTRAS DA NICARÁGUA POR MEIO DO BANCO AMBROSIANO. A OPERAÇÃO "MÃOS LIMPAS" LEVOU AO FIM DA CHAMADA PRIMEIRA REPÚBLICA ITALIANA E AO DESAPARECIMENTO DE MUITOS PARTIDOS POLÍTICOS. ALGUNS POLÍTICOS E INDUSTRIAIS COMETERAM SUICÍDIO QUANDO OS SEUS CRIMES FORAM DESCOBERTOS. ATÉ MESMO O PRIMEIRO-MINISTRO DA ITÁLIA, GIULIO ANDREOTTI DE 1919 A 2013, FOI ACUSADO DE ENVOLVIMENTO COM MAFIOSOS, E ABSOLVIDO EM 1999. EM 1993, PARA ALÉM DE VÁRIOS ESCÂNDALOS POLÍTICOS, A JUSTIÇA ACUSOU ANDREOTTI DE DELITOS COM LIGAÇÃO À MÁFIA E A ESQUEMAS DE FINANCIAMENTO ILEGAL DE PARTIDOS POLÍTICOS. O SEU JULGAMENTO TEVE INÍCIO EM 1995, MAS ANDREOTTI ACABOU POR SER ABSOLVIDO EM 1999. EM 2001, GIULIO ANDREOTTI FOI ENFIM CONDENADO A 24 ANOS DE PRISÃO, POR CUMPLICIDADE COM OS ASSASSINOS DO JORNALISTA MINO PECORELLI, EM 1979. NO ENTANTO, NÃO FOI PRESO POIS GOZAVA DE IMUNIDADE, DADA A SUA CONDIÇÃO DE SENADOR VITALÍCIO. CARMINE PECORELLI, DE 1928 A 1979, CONHECIDO COMO MINO, JORNALISTA ITALIANO,  MORTO EM ROMA. PECORELLI FORA ASSASSINADO POR DOIS INDIVÍDUOS, APÓS TER ANUNCIADO QUE TENCIONAVA PUBLICAR UMA REPORTAGEM SOBRE SUPOSTAS COBRANÇAS DE COMISSÕES ILEGAIS POR ANDREOTTI. O REPÓRTER BASEARA-SE EM DOCUMENTOS DO LÍDER DA DEMOCRACIA CRISTÃ, ALDO MORO, MORTO PELAS BRIGADAS VERMELHAS NO ANO ANTERIOR. O TRIBUNAL DE APELAÇÃO DE PERUGIA REJEITOU A SENTENÇA DE ABSOLVIÇÃO EMITIDA, EM 1999, POR UM TRIBUNAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA, SEGUNDO O QUAL ANDREOTTI, NA ALTURA COM 83 ANOS, NADA TINHA A VER COM A MORTE DO JORNALISTA. DE SEU ESCRITÓRIO NO PALÁCIO DE JUSTIÇA EM PALERMO, GIOVANNI FALCONE, DE 1939 A 1992, JUIZ ITALIANO ESPECIALIZADO EM PROCESSOS CONTRA A MÁFIA SICILIANA COSA NOSTRA, PASSOU A MAIOR PARTE DE SUA VIDA PROFISSIONAL TENTANDO DERRUBAR O PODER DA MÁFIA. JUNTAMENTE COM O COLEGA E AMIGO JURISTA PAOLO BORSELINO, FOI UMA FORÇA MOTRIZ POR TRÁS DO MEGA JULGAMENTO DE 474 MAFIOSOS. A SUA LONGA E DISTINTA CARREIRA, CULMINANDO COM O FAMOSO MEGA JULGAMENTO EM 1986-1987. O FAMOSO MEGA JULGAMENTO CONTRA A MÁFIA SICILIANA TEVE LUGAR EM PALERMO, NA SICÍLIA, ENTRE 10 DE FEVEREIRO DE 1986 E 16 DE DEZEMBRO DE 1987. O JULGAMENTO FOI PRESIDIDO POR JUIZ ALFONSO GIORDANO; TAMBÉM SE ENCONTRAVAM DOIS JURISTAS SUPLENTES NO CASO DE GIORDANO SER ASSASSINADO DURANTE O PROLONGADO JULGAMENTO. O TRIBUNAL REALIZOU-SE NO BUNKER ESPECIALMENTE CONSTRUÍDO PARA RESISTIR A BOMBAS E MÍSSEIS, DENTRO DOS MUROS DA PRISÃO UCCIARDONE. DENTRO DESSE BUNKER HAVIA GAIOLAS CONSTRUÍDAS NAS PAREDES PARA ALBERGAR MUITOS DOS MAFIOSOS DETIDOS. A PRISÃO ERA VIGIADA 24 HORAS POR CARABINIERI ARMADOS COM METRALHADORAS. ESTIVERAM PRESENTES MAIS DE 600 JORNALISTAS PARA COBRIR O EVENTO. DOS 474 MAFIOSOS INDICIADOS, ACUSADOS DE VÁRIOS CRIMES E ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA COM A MÁFIA, FORAM CONDENADOS 360 RÉUS. EMBORA 119 MAFIOSOS FORAM CONDENADOS À REVELIA POR ANDAREM FUGIDOS. NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DA MÁFIA TANTOS MAFIOSOS FORAM A JULGAMENTO, AO MESMO TEMPO. ATRAVÉS DOS PENTITI, OU ARREPENDIDOS, PROVOU-SE A EXISTÊNCIA PÚBLICA DA MÁFIA. A MAIORIA DAS PROVAS VEIO DE TOMMASO BUSCETTA UM MAFIOSO CAPTURADO EM 1982 NO BRASIL, PARA ONDE FUGIRA DOIS ANOS ANTES. FOI O PRIMEIRO TRAIDOR DA MÁFIA. FARTO DA VIOLÊNCIA ENTRE AS FAMÍLIAS MAFIOSAS PERDEU NESSA GUERRA DA MÁFIA, MUITOS PARENTES, ENTRE ELES, OS DOIS FILHOS, E MUITOS ALIADOS, COMO STEFANO BONTADE E SALVATORE INZERILLO. ASSIM, DECIDIU COOPERAR COM OS MAGISTRADOS DA SICÍLIA. INFORMAÇÕES PRIVILEGIADAS À JUSTIÇA, TRAINDO ASSIM O CÓDIGO DE HONRA DA MÁFIA. TOMMASO BUSCETTA COMEÇOU A SE ENVOLVER COM A MÁFIA EM 1945 E NOS ANOS SEGUINTES, TORNOU-SE MEMBRO DE PLENO DIREITO DA FAMÍLIA PORTA NUOVA. SEU PRIMEIRO TRABALHO FOI PRINCIPALMENTE O CONTRABANDO DE CIGARROS. APÓS O MASSACRE CIACULLI EM 1963, BUSCETTA FUGIU PARA OS ESTADOS UNIDOS, ONDE A FAMÍLIA GAMBINO O AJUDOU NO NEGÓCIO DE PIZA. EM 1968, NA ITÁLIA, BUSCETTA FOI CONDENADO POR DUPLO HOMICÍDIO, MAS A CONDENAÇÃO FOI À REVELIA JÁ QUE ELE NÃO ESTAVA REALMENTE EM CUSTÓDIA. EM 1970 BUSCETTA FOI PRESO EM NOVA IORQUE. COMO AS AUTORIDADES ITALIANAS NÃO PEDIRAM A SUA EXTRADIÇÃO FOI LIBERTADO. ENTÃO, BUSCETTA MUDOU-SE PARA O BRASIL, ONDE MONTOU UM TRÁFICO DE DROGAS. EM 1972 FOI PRESO E TORTURADO PELO REGIME MILITAR BRASILEIRO, E POSTERIORMENTE, EXTRADITADO PARA A ITÁLIA, ONDE COMEÇOU UMA SENTENÇA DE PRISÃO PERPÉTUA PARA A CONDENAÇÃO POR HOMICÍDIO DUPLO MAIS CEDO. EM 1980, FUGIU DA PRISÃO NOVAMENTE PARA O BRASIL PARA ESCAPAR DA GUERRA DA MÁFIA INSTIGADO POR TOTÒ RIINA, QUE POSTERIORMENTE LEVOU À MORTE DE MUITOS DOS ALIADOS DE BUSCETTA. PRESO MAIS UMA VEZ EM 1983, BUSCETTA FOI ENVIADO DE VOLTA PARA A ITÁLIA. TENTOU O SUICÍDIO, MAS NÃO CONSEGUIU. DESILUDIDO COM A MÁFIA, BUSCETTA PEDIU PARA FALAR COM O JUIZ GIOVANNI FALCONE E, COMEÇOU SUA VIDA COMO UM INFORMADOR OU DELATOR.  JULGAMENTO DE 1986 A 1987. A REAÇÃO DA MÁFIA NÃO TARDOU: CERCA DE 24 JUÍZES E PROMOTORES FORAM ASSASSINADOS ENQUANTO A MÁFIA ERA INVESTIGADA. EMBORA A MÁFIA NÃO DESAPARECESSE POR COMPLETO, PERDEU MUITO PODER, EMBORA SUA AURA AINDA SEJA PRESERVADA EM FILMES E HISTÓRIAS. SEU DECLÍNIO É UMA PROVA CATEGÓRICA DA TEORIA DEFENDIDA POR MUITOS: A DE QUE O CRIME ORGANIZADO SÓ É NEUTRALIZADO MEDIANTE ENÉRGICAS AÇÕES DO ESTADO E DA SOCIEDADE. O MASSACRE DE CAPACI: O MASSACRE DE CAPACI FOI O MAIS ARROJADO PLANO DE EXECUÇÃO E ATENTADO PRATICADO PELA LA COSA NOSTRA. NO DIA 23 DE MAIO DE 1992, QUANDO GIOVANNI FALCONE SEGUIA COM A SUA ESPOSA, TAMBÉM JUÍZA, E TRÊS POLÍCIAS NA AUTOESTRADA ENTRE PALERMO E O AEROPORTO INTERNACIONAL DA CIDADE, DIRIGIU-SE ATÉ UMA ARMADILHA MORTAL PREPARADA PELA MÁFIA. EXPLOSIVOS ENTERRADOS EM VALAS NA BERMA DA ESTRADA FORAM DETONADOS VIA CONTROLO REMOTO QUANDO O CARRO PASSOU PELO LOCAL DA EMBOSCADA, MATANDO TODOS OS SEUS OCUPANTES.  SALVATORE RIINA FOI CONDENADO PELO ASSASSINATO, ENQUANTO GIOVANNI BRUSCA ADMITIU TER SIDO ELE A DETONAR AS CARGAS. FUNERAL DE GIOVANNI FALCONE: MILHARES DE PESSOAS SE REUNIRAM NA BASÍLICA DE SAN DOMENICO PARA OS FUNERAIS, QUE FORAM TRANSMITIDOS AO VIVO NA TELEVISÃO NACIONAL. TODOS OS PROGRAMAS DE TELEVISÃO REGULARES FORAM SUSPENSOS. O PARLAMENTO DECLAROU UM DIA DE LUTO. MENOS DE DOIS MESES DEPOIS DO ATENTADO DE FALCONE, O SEU COLEGA PAOLO BORSELLIN FALECEU NO ATENTADO PERPETRADO COM UMA VIATURA ARMADILHADA, QUE MATOU TAMBÉM CINCO POLÍCIAS. MASSACRE DE VIA D'AMELIO: PAOLO BORSELLINO, DE 1940 A 1992, ADVOGADO ITALIANO. COMO MAGISTRADO E CONJUNTAMENTE COM O JUIZ GIOVANNI FALCONE, LEVOU A CABO PROCESSOS JUDICIAL CONTRA A COSA NOSTRA. COMEÇOU O SEU TRABALHO SOB A DIREÇÃO DO TAMBÉM ASSASSINADO CHEFE DE FISCAIS ROCCO CHINNICI. EM 19 DE JULHO DE 1992, BORSELLINO FOI MORTO POR UM CARRO ARMADILHADO, EM VIA D'AMELIO, PERTO DA CASA DE SUA MÃE EM PALERMO. O ATAQUE CAUSOU A MORTE DE CINCO POLÍCIAS. NA SUA ÚLTIMA ENTREVISTA EM VÍDEO, DADA EM 21 DE MAIO DE 1992 A JEAN PIERRE MOSCARDO E FABRÍCIO CALVI, BORSELLINO FALOU SOBRE A POSSÍVEL LIGAÇÃO ENTRE MAFIOSOS DA COSA NOSTRA E RICOS EMPRESÁRIOS ITALIANOS, COMO O FUTURO PRIMEIRO-MINISTRO SILVIO BERLUSCONI. A ENTREVISTA RECEBEU POUCA COBERTURA NA TELEVISÃO ITALIANA, POIS BERLUSCONI ERA DONO DE METADE DAS ESTAÇÕES DE TELEVISÕES LOCAIS. ALÉM DISSO, CONTROLAVA O CANAL TV DO ESTADO. SALVATORE RIINA, CHEFE DO RAMO CORLEONÊS DA MÁFIA, CUMPRE PRISÃO PERPÉTUA PELOS ASSASSINATOS DE FALCONE E BORSELLINO, ENTRE OUTROS CRIMES. PAOLO BORSELLINO É HOJE TIDO COMO UM DOS MAIS IMPORTANTES MAGISTRADOS DA LUTA CONTRA A MÁFIA DURANTE O SÉCULO XX. BORSELLINO TORNOU-SE UM SÍMBOLO DA LUTA CONTRA LA COSA NOSTRA. CURIOSIDADE: O AEROPORTO INTERNACIONAL DE PALERMO FOI NOMEADO FALCONE-BORSELLINO EM HOMENAGEM AOS DOIS JUÍZES E ABRIGA UM MEMORIAL DO PAR NO LOCAL DO ESCULTOR TOMMASO GERACI. UM MONUMENTO A FALCONE ESTÁ TAMBÉM NA ACADEMIA NACIONAL DO FBI NA VIRGÍNIA, PARA HONRAR SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA O CASO "PIZZA CONNECTION". A "PIZZA CONNECTION" FOI O MAIOR JULGAMENTO NOS TRIBUNAIS DOS ESTADOS UNIDOS, QUE TEVE INÍCIO EM 30 DE SETEMBRO DE 1985 E TERMINOU COM A CONDENAÇÃO DE TODOS OS MAFIOSOS ENVOLVIDOS EM MARÇO DE 1987. O PROCESSO REFERIA-SE AO ENVOLVIMENTO CONJUNTO DA MÁFIA ITALIANA COM A MÁFIA AMERICANA NO TRÁFICO DE HEROÍNA ATRAVÉS DA CADEIAS DE PIZZARIAS EM NOVA IORQUE, ONDE FAZIAM LAVAGEM DE DINHEIRO. PADRÃO ASSOCIAÇÕES MAFIOSAS: NAS ÚLTIMAS DÉCADAS DO SÉCULO XX, A MÁFIA ASSISTIU A DOIS ACONTECIMENTOS NA SUA PRÓPRIA ORGANIZAÇÃO: A PASSAGEM DOS NEGÓCIOS TRADICIONAIS PARA OS CRIMES DE COLARINHO BRANCO; E A DISPUTAS DE TERRITÓRIOS PELAS VÁRIAS FAMÍLIAS MAFIOSAS NA SICÍLIA, ELIMINANDO MUITOS MEMBROS DO CRIME ORGANIZADO E TIRANDO VIDA A PESSOAS INOCENTES. SIMULTANEAMENTE, A PRISÃO DE LÍDERES DO TOPO DA MÁFIA GEROU UM VAZIO NO PODER QUE ENCORAJOU A GRANDE GUERRA DA MÁFIA. SALVATORE "TOTÒ" RIINA EMERGIU DAS GUERRAS DE GANGUES NOS FINAIS DO SÉCULO XX, COMO CHEFE GERAL DA MÁFIA SICILIANA, REINANDO ENQUANTO FUGITIVO ATÉ À SUA CAPTURA PELA POLÍCIA EM 1993. O SEU SUCESSOR, BERNARDO PROVENZANO, FOI DETIDO E PRESO POR VÁRIOS CRIMES EM ABRIL DE 2006, DEIXANDO OS OBSERVADORES DA MÁFIA A ESPECULAR SOBRE A IDENTIDADE DO SEU SUCESSOR NATURAL. A MÁFIA ESTÁ CERCADA DE PENTITO OU INFORMADORES, AQUI CONHECIDOS COMO DELATORES QUE, VIVEM DEBAIXO DE UMA ENORME PROTEÇÃO QUANDO PRESTAM TESTEMUNHO EM JULGAMENTOS SUCESSIVOS, DANDO POR VEZES ORIGEM A DEZENAS DE CONDENAÇÕES NUM ÚNICO PROCESSO. PARA, ALÉM DISSO, HOJE EM DIA, A MÁFIA ENFRENTA A CONCORRÊNCIA EM SOLO ITALIANO DE OUTRAS SOCIEDADES CRIMINOSAS SECRETAS ESTRANGEIRAS. TODAS ELAS ASPIRAM A UMA FATIA NO COMÉRCIO DA DROGA E OUTRAS ATIVIDADES ILÍCITAS LUCRATIVAS. NA ITÁLIA EXISTEM DIVERSAS MÁFIAS, PARA ALÉM DA MAIS CONHECIDA, LA COSA NOSTRA SICILIANA, TEMOS A CAMORRA, NAPOLITANA, E A 'NDRANGHETA, DA CALÁBRIA. PADRÃO CAMORRA: A MÁFIA CONTINENTAL: A CAMORRA É O ÚNICO FENÓMENO MAFIOSO PROVENIENTE DE UM MEIO URBANO. SEU LUGAR DE NASCIMENTO É NÁPOLES, NA ITÁLIA, EM TORNO DO INÍCIO DO SÉCULO XIX. A CAMORRA CONTROLA DE PERTO O TERRITÓRIO, E É MUITO INTEGRADA AO TECIDO SOCIAL, SOBRETUDO JUNTO ÀS CAMADAS MAIS POBRES. IMAGINA-SE QUE CONTE ATUALMENTE COM CERCA DE 110 FAMÍLIAS OPERACIONAIS E CERCA DE 7000 AFILIADOS. AS ATIVIDADES DA CAMORRA SÃO INCONTÁVEIS: DA AGIOTAGEM À EXTORSÃO, DO CONTRABANDO DE CIGARROS AO TRÁFICO DE DROGAS, DA IMPORTAÇÃO IRREGULAR DE CARNE À FRAUDE NA UNIÃO EUROPEIA. SEM ESQUECER OS DOIS SECTORES TRADICIONAIS DE MONOPÓLIO: O DO JOGO CLANDESTINO E O DE PRODUÇÃO DE CIMENTO NA REGIÃO DA CAMPÂNIA. ANTECEDENTES: TAL COMO ACONTECE COM A MÁFIA SICILIANA, A ORIGEM DA CAMORRA ESTÁ ENVOLTA EM MISTÉRIO. ALGUMAS FONTES AFIRMAM QUE COMEÇOU COMO GARDUNHA, UMA SOCIEDADE CRIMINOSA DE SEVILHA, NA ESPANHA, DE FINAIS DA ÉPOCA MEDIEVAL, TENDO SIDO TRANSFERIDA PARA NÁPOLES, NA ITÁLIA, POR INVASORES ESPANHÓIS. INICIALMENTE CRIADA COMO GANGUE DE PRISÃO, A GARDUNHA TRANSFORMOU-SE NUMA ORGANIZAÇÃO QUE ENVOLVIA ROUBO, RAPTO, INCÊNDIO CRIMINOSO E ASSASSINATO. AFIRMA-SE QUE OS SEUS ESTATUTOS FORAM APROVADOS EM TOLEDO NA ESPANHA, EM 1420, E QUE A SUA FUNDAÇÃO FOI POR VOLTA DE 1417. COMO SOCIEDADE SECRETA, A GARDUNHA TORNOU-SE MUITO ATRAENTE PARA OS TEÓRICOS DA CONSPIRAÇÃO, E FOI SUPOSTAMENTE ATIVA DURANTE 400 ANOS NA ESPANHA, TENDO ATÉ REALIZADO OS TRABALHOS MAIS SUJOS DA INQUISIÇÃO. NA HISTÓRIA OFICIAL SOBRE BANDIDOS E DISTÚRBIOS SOCIAIS, MUITO FREQUENTE NA ANDALUZIA, NO SÉCULO XIX, NÃO HÁ UMA ÚNICA MENÇÃO À GARDUNHA. ALGUNS ALEGARAM QUE A GARDUNHA FOI UM PRECURSOR DA CAMORRA, E FOI TRANSPLANTADA QUANDO A ESPANHA CONQUISTOU NÁPOLES. A CANÇÃO POPULAR CALABRESA SUGERE UM LEGADO MUITO MAIOR. CONTA A HISTÓRIA DE TRÊS IRMÃOS DA “GARDUNHA” OU TRÊS CAVALEIROS ESPANHÓIS, QUE FUGIRAM DE ESPANHA NO SÉCULO XVII, DEPOIS DE TEREM-SE VINGADO COM SANGUE, A HONRA DA IRMÃ. NAUFRAGARAM NA ILHA DE FAVIGNANA, PERTO DA SICÍLIA. OS TRÊS IRMÃOS SEGUIRAM CAMINHOS DIFERENTES: MASTROSSO, PROTEGIDO PELA NOSSA SENHORA, FEZ O SEU CAMINHO PARA NÁPOLES, ONDE FUNDOU A CAMORRA; CARCAGNOSSO, PROTEGIDO POR SÃO MIGUEL, FEZ O SEU CAMINHO PARA CALÁBRIA, E FUNDOU A NDRANGHETA. OSSO DEVOTO DE SÃO JORGE FEZ O CAMINHO ATÉ À SICÍLIA E FUNDOU A MÁFIA COSA NOSTRA. AS CIRCUNSTÂNCIAS DO NAUFRÁGIO DOS TRÊS IRMÃOS SUGEREM QUE PODERIAM TER SIDO PIRATAS, TENDO PROVAVELMENTE LIGAÇÃO AOS PIRATAS DAS AMÉRICAS QUE ASSALTAVAM OS GALÕES CARREGADOS DE OURO E PRATA DO IMPÉRIO ESPANHOL. ORIGEM DA CAMORRA: O TERMO CAMORRA SURGIU IMPRESSO PELA PRIMEIRA VEZ EM 1753, REFERINDO-SE A CASAS DE JOGOS EM NÁPOLES, ONDE UM JOGO CHAMADO MORRA ERA SUPERVISIONADO POR CAPÔS. DAÍ O TERMO «CAPÔS» E «MORRA» DAR ORIGEM AO NOME «CAMORRA». EM 1820, A POLÍCIA DE NÁPOLES DESCOBRIU DOCUMENTOS QUE MOSTRAVAM AS REGRAS E RITUAIS DE INICIAÇÃO DE UM GRUPO DO CRIME ORGANIZADO CHAMADO CAMORRA, QUE OPERAVA NA CIDADE DE CAMPÂNIA E ARREDORES. A INFLUÊNCIA DA CAMORRA NO SÉCULO XIX ATINGIU O SEU AUGE SOB O GOVERNO DOS BOURBONS, QUE RECRUTAVAM MEMBROS DA CAMORRA PARA INTEGRAR O EXÉRCITO, SERVIÇO PÚBLICO E FORÇAS POLICIAIS. A GANGUE ENCARREGAVA-SE DO JOGO E DO ROUBO NO SEU TERRITÓRIO, AO MESMO TEMPO EM QUE COBRAVA UM IMPOSTO DE 10% SOBRE TODOS OS BENS QUE CHEGAVAM AO PORTO DE NÁPOLES. A CAMORRA PASSOU POR TEMPOS DIFÍCEIS QUANDO NÁPOLES SE JUNTOU À ITÁLIA UNIDA EM 1861, E NOVOS ADMINISTRADORES PROIBIRAM A CAMORRA, LEVANDO MUITOS MEMBROS A PROCURAR REFÚGIO NOS ESTADOS UNIDOS. AO CHEGAR AO PODER EM 1922, BENITO MUSSOLINI LANÇOU UMA CAMPANHA PARA EXTINGUIR TANTO A CAMORRA COMO A MÁFIA SICILIANA. MAS CAMORRA GOZOU DE UM RESSURGIMENTO DEPOIS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, QUANDO A DEPORTAÇÃO DE LÍDERES MAFIOSOS AMERICANOS PARA NÁPOLES FEZ DESTA CIDADE O CENTRO DO CRIME ORGANIZADO ITALIANO. CAMORRA NO ESTRANGEIRO: APESAR DE SUAS ORIGENS, A CAMORRA TEM RAMIFICAÇÕES IMPORTANTES EM OUTRAS REGIÕES ITALIANAS, COMO A LOMBARDIA, PIEMONTE E EMÍLIA ROMANA. ESPALHOU-SE PARA FORA DA ITÁLIA, CONQUISTANDO O REINO UNIDO E OS ESTADOS UNIDOS. NA ESCÓCIA, EM ABERDEEN, A CAMORRA ERA DIRIGIDA POR ANTÓNIO LA TORRE, QUE DIRIGIA UM RESTAURANTE ITALIANO. ERA IRMÃO DE AUGUSTO LA TORRE, CHEFE DO PODEROSO DO CLÃ LA TORRE DE MONDRAGONE, NA CAMPÂNIA. ATÉ À SUA PRISÃO NA ESCÓCIA E EXTRADIÇÃO PARA A ITÁLIA EM MARÇO DE 2005, ANTÓNIO LA TORRE ESTAVA NO COMANDO DA FILIAL LOCAL DO CLÃ EM ABERDEEN, NA ESCÓCIA, ONDE GERIA OS SEUS NEGÓCIOS TANTO LEGAIS COMO ILEGAIS. AUGUSTO LA TORRE DIRIGIA UMA PODEROSA ORGANIZAÇÃO DA CAMORRA, CUJOS NEGÓCIOS ESTENDIAM-SE DESDE A SUA BASE DE MONDRAGONE, NO INTERIOR DE CAMPÂNIA, ATÉ ABERDEEN, NA ESCÓCIA, BEM COMO TAMBÉM NA HOLANDA. EM JANEIRO DE 2003, AUGUSTO LA TORRE FOI DETIDO PELA POLÍCIA ITALIANA E PASSOU A COLABORAR COM A JUSTIÇA. CONFESSOU MAIS DE 40 ASSASSINATOS. O IMPÉRIO DO CLÃ LA TORRE ESTAVA ORÇADO EM CENTENAS DE MILHÕES DE EUROS. FORAM TAMBÉM DETIDOS DOIS ITALIANOS DO RESTAURANTE EM ABERDEEN, CIRO SCHIATTARELLA E MICHELE SICILIANO, QUE FORAM EXTRADITADOS PARA A ITÁLIA. UM QUARTO SÓCIO FEZ HISTÓRIA AO TORNAR-SE O PRIMEIRO MEMBRO ESTRANGEIRO DA CAMORRA. O ESCOCÊS ESTÁ A CUMPRIR PENA DE PRISÃO NO REINO UNIDO. RELATOS AFIRMAM QUE RECEBE UM SALÁRIO MENSAL, ASSISTÊNCIA JURÍDICA E PROTEÇÃO. ABERDEEN, A TERCEIRA MAIOR CIDADE DA ESCÓCIA, NÃO TEM HISTÓRIA DE CRIME ORGANIZADO, SENDO VISTA COMO UM SÍTIO SEGURO, LONGE DA VIOLÊNCIA ENTRE GANGUES QUE OCORREM NA ITÁLIA. MAS A CIDADE NÃO TINHA RECURSOS PARA ESTIMULAR O TURISMO E O DIVERTIMENTO. QUANDO OS MAFIOSOS ITALIANOS DA CAMORRA CHEGARAM A ABERDEEN, REVITALIZARAM A INDÚSTRIA DO TURISMO, CRIARAM NOVAS ATIVIDADES DE IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO, E INVESTIRAM VIGOROSAMENTE NO SECTOR IMOBILIÁRIO. GRAÇAS AOS ITALIANOS, ABERDEEN TORNOU-SE UM LUGAR IMPORTANTE PARA NEGÓCIOS E JANTARES ELEGANTES. O RESTAURANTE "PAVAROTTI" DA CAMORRA, EM ABERDEEN, FOI ANUNCIADO EM GUIAS TURÍSTICOS DA CIDADE. ANTÓNIO LA TORRE OPERAVA UM SISTEMA CONHECIDO POR «SCRATCH», USADO PARA ACELERAR AS SUAS ATIVIDADES ILEGAIS E OS SEUS EMPREENDIMENTOS LEGÍTIMOS. SE O DINHEIRO FOSSE INSUFICIENTE PARA O INVESTIMENTO, IMPRIMIAM NOTAS FALSAS; SE ERA NECESSÁRIO CAPITAL COM URGÊNCIA, VENDIAM TÍTULOS FALSOS. CONSEGUIRAM COM ESSE SISTEMA ANIQUILAR A CONCORRÊNCIA ATRAVÉS DE EXTORSÃO, E IMPORTARAM MERCADORIAS ISENTAS DE IMPOSTOS. A CAMORRA FOI CAPAZ DE TER SUCESSO NESTA CIDADE PORQUE A POLÍCIA LOCAL NÃO TINHA EXPERIÊNCIA EM LIDAR COM O CRIME ORGANIZADO. APESAR DA DETENÇÃO DOS MAFIOSOS, GIUSEPPE BALDINI, VICE-CÔNSUL DO GOVERNO ITALIANO EM ABERDEEN, NEGA QUE A CAMORRA MANTENHA A SUA PRESENÇA NA CIDADE. CAMORRA NA AMÉRICA: A CAMORRA EXISTIA NOS E.U.A., ENTRE A METADE DO SÉCULO XIX E INÍCIO DO SÉCULO XX. ELES RIVALIZAVAM COM A FAMÍLIA MORELLO DE NOVA IORQUE. EVENTUALMENTE, ELES SE FUNDIRAM COM OS PRIMEIROS ÍTALO-AMERICANOS NA AMÉRICA. A PRIMEIRA GANGUE AMERICANA DA CAMORRA FORMOU-SE EM BROOKLYN, NOVA IORQUE, E ESPALHOU-SE A PARTIR DAÍ, COM OS MEMBROS A SEREM ATRAÍDOS PELA ATIVIDADE DE EXTORSÃO DA MÃO NEGRA. RECENTEMENTE, MUITOS MEMBROS DA CAMORRA E ASSOCIADOS FUGIRAM DA GUERRA DA MÁFIA PARA OS ESTADOS UNIDOS NA DÉCADA DE 80. EM 1993, O FBI ESTIMOU QUE HAVIA 200 MEMBROS DA CAMORRA, NOS ESTADOS UNIDOS. EMBORA NÃO PARECE HAVER NENHUMA ESTRUTURA DE CLÃ, NOS ESTADOS UNIDOS, OS MEMBROS DA CAMORRA ESTABELECERAM-SE EM LOS ANGELES, NOVA IORQUE E SPRINGFIELD, NO MASSACHUSETTS. A CAMORRA É MENOS ACTIVA DE TODOS OS GRUPOS DO CRIME ORGANIZADO NOS ESTADOS UNIDOS. APESAR DISSO, A LEI AMERICANA CONSIDERA A CAMORRA UM EMPREENDIMENTO CRIMINOSO EM ASCENSÃO, ESPECIALMENTE PERIGOSO POR CAUSA DE SUA CAPACIDADE DE SE ADAPTAR ÀS NOVAS TENDÊNCIAS E FORJAR NOVAS ALIANÇAS COM OUTRAS ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS. ATIVIDADES DA CAMORRA: NA DÉCADA DE 1970, A MÁFIA ITALIANA NA SICILIA CONVENCEU A CAMORRA PARA CONVERTER SUAS ROTAS DE CONTRABANDO DE CIGARROS EM ROTAS DE CONTRABANDO DE DROGAS COM O APOIO DELES. NEM TODOS OS LÍDERES DA CAMORRA CONCORDARAM, LEVANDO A GUERRAS COM A MÁFIA SICILIANA QUE CUSTOU A VIDA A 400 MEMBROS DA CAMORRA. OS OPOSITORES DO TRÁFICO DE DROGAS PERDERAM A GUERRA. A CAMORRA FEZ FORTUNA NA RECONSTRUÇÃO APÓS UM TERRAMOTO QUE DEVASTOU A REGIÃO DA CAMPÂNIA, EM 1980. ALÉM DE SER ESPECIALIZADA EM CONTRABANDO DE CIGARROS, A CAMORRA RECEBE PAGAMENTOS DE OUTROS GRUPOS CRIMINOSOS PARA QUALQUER TIPO DE TRÁFEGO DE CIGARRO ATRAVÉS DA ITÁLIA. A CAMORRA TAMBÉM ESTÁ ENVOLVIDA EM LAVAGEM DE DINHEIRO, EXTORSÃO, CONTRABANDO PARA O ESTRANGEIRO, CHANTAGEM, RAPTO, CORRUPÇÃO POLÍTICA E FALSIFICAÇÃO. ACREDITA-SE QUE CERCA DE 200 AFILIADAS DA CAMORRA RESIDEM NA ITÁLIA, MUITOS DOS QUAIS CHEGARAM DURANTE AS GUERRAS DA CAMORRA. ATENTADO AMBIENTAL: DESDE MEADOS DA DÉCADA DE 1990, A CAMORRA RETOMOU O TRATAMENTO DE ELIMINAÇÃO DE RESÍDUOS NA REGIÃO DE CAMPÂNIA, COM RESULTADOS DESASTROSOS PARA O MEIO AMBIENTE E PARA A SAÚDE DA POPULAÇÃO EM GERAL. OS METAIS PESADOS, RESÍDUOS INDUSTRIAIS, PRODUTOS QUÍMICOS E DOMÉSTICOS SÃO FREQUENTEMENTE MISTURADOS, E JOGADOS PERTO DE ESTRADAS E QUEIMADOS PARA EVITAR A DETECÇÃO, LEVANDO À POLUIÇÃO GRAVE DO SOLO E DO AR. COM A CUMPLICIDADE DE EMPRESÁRIOS PRIVADOS, OS NUMEROSOS CLÃS DA CAMORRA SÃO CAPAZES DE OBTER GRANDES LUCROS A PARTIR DE CONTRATOS NO ÂMBITO DO PANO, COM NEGÓCIOS LEGÍTIMOS LOCAIS. ESTES "STAKEHOLDERS" SÃO CAPAZES DE OFERECER ÀS EMPRESAS PROMOÇÕES ALTAMENTE LUCRATIVAS PARA REMOVER SEUS RESÍDUOS A UM PREÇO SIGNIFICATIVAMENTE MAIS BAIXO. COM POUCA OU NENHUMA SOBRECARGA, OS CLÃS DA CAMORRA E SEUS ASSOCIADOS APRECIAM AS MARGENS DE SEU LUCRO MUITO ELEVADAS. A CAMORRA EMPREGA CRIANÇAS PARA CONDUZIR OS RESÍDUOS PAGANDO POUCO E QUE NÃO SE QUEIXAM DOS RISCOS DE SAÚDE, COMO OS CAMIONISTAS. ESTE NEGÓCIO DE ELIMINAÇÃO DE RESÍDUOS PELA CAMORRA TEM SIDO APOIADO POR FUNCIONÁRIOS CORRUPTOS E EMPRESÁRIOS SEM ESCRÚPULOS, POR TODA A ITÁLIA. EM NOVEMBRO DE 2013, FOI REALIZADA UMA MANIFESTAÇÃO DE DEZENAS DE MILHARES DE PESSOAS, EM NÁPOLES, EM PROTESTO CONTRA A POLUIÇÃO CAUSADA PELA CAMORRA. ACREDITA-SE QUE DURANTE 20 ANOS, CERCA DE 10 MILHÕES DE TONELADAS DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS TENHAM SIDO DESPEJADOS ILEGALMENTE, PROVOCANDO CANCRO NAS POPULAÇÕES NA ORDEM DOS 40%-47%. RELAÇÕES DA CAMORRA COM OS ESTRANGEIROS: EM 1995, A CAMORRA COOPEROU COM A MÁFIA RUSSA NO ESQUEMA EM QUE A CAMORRA FAZIA LAVAGEM DE DINHEIRO PARA OS RUSSOS. EM TROCA, A MÁFIA RUSSA PAGOU À CAMORRA COM PROPRIEDADES, INCLUINDO UM BANCO RUSSO, E ARMAS CONTRABANDEADAS PARA EUROPA ORIENTAL E ITÁLIA. NOS ÚLTIMOS ANOS, VÁRIOS CLÃS DA CAMORRA FORMARAM ALIANÇAS COM GANGUES DE TRAFICANTES NIGERIANOS E A MÁFIA ALBANESA, MESMO INDO TÃO LONGE A PONTO DE CASAR-SE. POR EXEMPLO, AUGUSTO LA TORRE, QUE SE TORNOU UM PENTITO, É CASADO COM UMA MULHER ALBANESA. TAMBÉM SE DEVE NOTAR QUE O PRIMEIRO PENTITO ESTRANGEIRO, UM TUNISIANO, ADMITIU ESTAR ENVOLVIDO COM O TEMIDO CLÃ CASALESI DE CASAL DI PRÍNCIPE. ->NOSSA OPINIÃO: EXATAMENTE COMO OS PIRATAS CORSÁRIOS E OS MEMBROS DA GARDUNHA, OS CRIMINOSOS DE HOJE ESCONDEM OS DESPOJOS TIDOS COMO SEUS TESOUROS E MOEDAS SUJAS DE SANGUE POR TRÁS DAS FRONTEIRAS DAS CORTINAS DE FERRO E DE BAMBU. OS CRIMINOSOS SEMPRE SE JUNTARAM AOS SEUS IGUAIS EMBORA JAMAIS PRATIQUEM ATOS DE HONRADEZ E LEALDADE A QUEM LHES DÊ GUARIDA E ALGUMA PROTEÇÃO. BANDIDOS CRIMINOSOS NÃO TÊM HONRA. MAS, TÊM REGRAS EM ESTATUTOS RÍGIDOS.                                       GÉSNER LAS CASAS                                                                                     RADIALISTA, ARTISTA PLÁSTICO, COMENDADOR DE TOBIAS DE AGUIAR & JORNALISTA
LAS CASAS
Enviado por LAS CASAS em 16/06/2017
Código do texto: T6029410
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
LAS CASAS
Marília - São Paulo - Brasil, 77 anos
535 textos (4290 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 00:17)
LAS CASAS