Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(A BELA E ROMÂNTICA MAGALÍ!)





                     (A BELA E ROMÂNTICA MAGALÍ!)



Deitado em abaixo de uma linda Cerejeira, a bela e romântica Magali dormia.  Naquele preludio sonhador seu espírito voejava calidamente em direção da esplêndida cidade de Shangri-la etérea, sua roupa açucena alva emitiam luzentes lumes sobre as incontáveis montanhas, rios, lagoas, oceanos, planuras, caatingas, e essencialmente sobre os chamados animais “irracionais e pássaros de multicores, que revoavam singelamente livres no azul índigo do céu. Olhando pela última vez, aqueles adoráveis amigos e irmãos, ela encetou sua volitação em direção de sua amada e singela cidade. Ela ir rever seus queridos amigos” as”, já que já se fazia seis lustros que os não os viam.  Em pouco minutos ela deslumbrou aprazível e amada cidade.  Calmamente amerissou, centenas de seletos amigos “as”, cordialmente a saudaram, estampado na suave face cálida. Graciosamente e cordialmente agradeceu os carinhos demostrados por aqueles” as” gentis irmãos de antanhos passados. Sim! Ela já viveu por muitos séculos no seio daquela digna comunidade fraterna. E que atualmente ela teve que reencarnar no planeta terra, planeta que por ainda habitar seres humanos que em sua maiorias são espíritos em suas infâncias espirituais, torna para ela um espirito com uma evolução altíssima,  torna  sua vida complexa, uma vez que conhecimentos sejam nos planos materiais, físicos, essencialmente espirituais  excediam as atuais capacidades da dessa humanidade que já viveram  incontáveis vidas terrenas,  e até presente data com raras exceções, ela continua com os mesmos predicados  atávicos. Isto é, permanece procriando os mesmos erros absurdos, com isto, as guerras genocidas, fratricidas que variantes séculos já se sucederam como milhões de vidas sendo sempre ceifadas no decorrerem desses séculos, prosseguem avidamente. Entretanto nos antanhos séculos, as batalhas eram com armamentos rudimentares, exemplos. Arcos, flechas, espadas, escudos, lanças, catapultas, óleos quentes, como outros apetrechos inventados nos momentos das batalhas. Entretanto a partir do século quinze com surgimentos das primeiras armas de fogos primitivamente, essas guerras tornaram-se mais violetas e as mortes nos campos de batalhas tornou-se encarniçadas e tétricas. Assim seguiram os séculos até o século vinte.  Foi neste séculos que surgiram os chamados aparatos armamentistas de proporções alarmantes das energias  atômicas que fez surgir as bombas atômicas que atualmente possuem cerca de sete mil ogivas nucleares que vários países, sem falar nas ocultas, só que essas sete mil bombas nucleares daria para destruir completamente o planeta terra oitenta e seis vezes. E assim as loucuras dos chamados “senhores do mundo” continuam em suas sagas de alto destruir o planeta com suas ambições alucinantes, eles pensam que são imunes das catástrofes que eles estão provocando. Eles serão os primeiros a sofrerem as consequências nefandas que já está acontecendo. Enormes calamidades já está sucedendo no orbe,  não é necessário expor quais são essas calamidades, contudo o efeito estufa densamente está aumentando, e se não dado um freio nesta horrível poluição, em  um década a temperatura terrestre ira subir um grau e meio, com isto as hecatombes naturais ser tornarão avassaladoras, quicais milhares de seres humanos irão fenecerem. Contudo em sua totalidade noventa e nove, nove por cento dessa atual seres humanos não estão preocupados com essas alterações climáticas que já estão sucedendo em todo o orbe. Desiludida com o panorama que se avizinha, a meiga e bela Magali, sempre que podia buscava refúgio em sua aprazível cidade milenar Shangri-la, aonde além de reencontrar centenas e centenas de amigos “as” leais e bondosos “as”, se deleitava com as esplendidas arquiteturas magistralmente projetadas e erguidas por sapientes engenheiros siderais. As palavras poluições, consumismos desenfreados, aparelhos radioativos de  todos os tipos que atualmente existentes em conglomerados  mundial que residem os seres humanos em sua soma total estão deslumbrados, fascinados,  não sabendo eles que estão sendo lentamente sendo contaminados por variantes minerais que  em suas essências não prejudicam nosso planeta, ao contrário dão benéfica  sustentação ao mesmo, os mesmos fatos se dão as chamadas ervas alucinógenas que seguindo os mesmos padrões dos minerais considerados radiativos não interferem a bela mãe natureza.  Mais! Sim existe sempre um mais, habitam sobre a superfície terrestre os chamados seres humanos, que com seus “intelectos pífios e beligerantes” mostrengamento conseguiram alterarem todas harmônicas combinações dessas indeléveis componentes que são, repito.  São sustentáculos na preservação do planeta, ou mãe natureza, com isto atualmente os ignorantes e gananciosos seres humanos estão projetando um futuro tétrico, que poderá não destruir o planeta, mas sim assassinar milhares ou até bilhões de seres humanos com inenarráveis catástrofes mundial. Vivemos momentos críticos e maléficos projetados por mentes sórdidas que se consideram os “senhores do mundo”, esses pseudos mulheres e homens não passam de abjetos manipulados por mentes inteligentíssimas que habitam ocultamente nas sombras das dimensões espirituais. Encontrar-se incluindo há pérfida nata da “sociedade mundial”.” presidentes de nações,  primeiros ministros, megas empresários de aglomerados mundial, políticos, ministros judiciários, desembargadores, juízes, pastores evangélicos, oficiais eclesiásticos, rabinos, sheiks, marajás, Aiatolás, em fim são uma “plêiades de mulheres e homens que se consideram os “senhores do mundo”. Eles se reúnem secretamente no intuito de lastrearem guerras fratricidas e genocidas que venha lhes trazerem lucros exorbitantes financeiros. Para eles os demais seres humanos não passam de números, ou de inocentes úteis. Encerrando esta narrativa simples mais objetivas que avistei a meiga e nobre Magali que deixou seu involucro físico e voejou  em direção de sua milenar cidade do grande amor universal,  afim de ser retempera seu corpo ósmico das atuais e sofridas agruras que infestam nosso belo e magnifico planeta terra com tantos ódios, ambições, orgulhos, invejas, ciúmes,  genocídios, homicídios, famas,  poderes, entre outras barbarias irracionais que vivem em sua maioria os atuais chamados seres humanos!

AA. --------- J. --------- C. --------- DE. --------- MENDONÇA.


HORA. --------- DEZESSETE HORAS E CINQUENTA E UM MINUTOS.


DATA. ---------- 30. ---------- 11. ---------- 20’19.
Maroty
Enviado por Maroty em 30/11/2019
Reeditado em 02/12/2019
Código do texto: T6807616
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Maroty
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil
1087 textos (41551 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/01/20 03:27)
Maroty