Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

13/02/2018 - SOTAQUE MINEIRO II - EXPRESSÕES IDIOMÁTICAS - J B PEREIRA - Minha vida pacata de Mineiro

Amo de corpo e alma, minha família e minha religião.

“Fuja das artes (tentações); do mal, Deus te librará.”

Nas doenças (= nas novidades), a gente vai tintiano, vai levando...”

O trem se despinguelou do alto da serra
e desceu a ladeira  de repente...

A água da minha casa de campo
Sai aos borbotões e espalha vida
Na várzea e na campina de minha terra querida.

Da Serra, a Virgem da Piedade
aumenta nossa alegria e fé,
abençoe o povo mineiro e
nos livre dos maus e corruptos,
que infestam a Pátria brasileira.

“Com Deus me deito; com Jesus me levanto,
com a bênção da Virgem e o Espírito Santo. Amém.”

“Santo anjo do Senhor, meu zeloso Guardador,
Se a ti, me confiou a Divina Piedade,
Guarda-me, proteja-me, ilumina-me... Amém.”

__________
Minha vida pacata de Mineiro
J B Pereira

O livro: O Melhor das Antologias - Um Convite à Navegação Sem Rumo, ADL, lançado em 2010.
Parodiando “Felicidade”, de Pedro P. Bessa, p. 115.

Na minha vida de mineiro,
com certeza – apesar dos pesares –
olhei o cruzeiro do Sul na noitinha
brejeira e na invernada da estrada
encarquilhada de surpresas,
Assustado ou não, no oratório de minha santinha
A virgem Aparecida e do Senhor dos Passos,
Nem pensar de desistir!

Segui em frente: vivo no presente contente
O ontem já se foi...
“Cada dia melhor do que ontem”
“Amanhã melhor do que hoje.”
Olho vivo para endireitar os passos
Ver que tem gente melhor que eu;
Outras tantas piores do que eu.

Sonhar o sonho de pé no chão,
Mão na enxada ou no terço, joelho em oração
quanto pode, para poder escolher
O principal, sem invejar ninguém...

Encontrar os amigos e contar as modas do lugar
na viola, sentir o cheiro de manjericão, hortelã e alegrim da horta...
Saborear o churrasco da moçada nova,
Torcer para o time do coração,
Picanha nem faltar, macarrão com ovo, farofa e carne moída,
Que beleza, a todos vou saudar...

Agradecendo a Jesus-Menino a bênção ao meu lar.
Minha padroa-morena me faz o sangue ferver de prazer;
Mulher boa e prendada, perola do meu lar.

Deus vai comigo de garupa e na boleia, com fé cedo
Com a reza de padre-nosso, Ave-Maria e Salve-Rainha...
Ao pescoço escapulário da Virgem Do Carmo,
Correntinha de São Bento e a cruz de Jesus no peito.
Sou gente pacífica, nem bulir com os vizinhos.
Na hora que menos espera, o vizinho do lado é socorro!

Sou às vezes, teimoso que nem porta,
“dando murro em ponta de faca...”

Procuro não levar problema de trabalho para casa;
Nem desfitiar o próximo, deixando de tomar seu café...

 _______

Minas Gerais – CANÇÃO de Tonico e Tinoco
                 //www.letras.mus.br/tonico-e-tinoco/1722705/

Oh, Minas Gerais!
Oh, Minas Gerais!
Quem te conhece não esquece jamais
Oh, Minas Gerais! (Refrão)

Eu sai da minha terra
Pra não voltar nunca mais
Mas a saudade malvada
Me fez voltar pra "trais"

Recordando as lindas fontes
Lá da casa dos meus pais
Voltei pra Belo Horizonte
Querida Minas Gerais

Oh, Minas Gerais! (Refrão)

O chão de Minas querida
Tudo ali reproduz
Onde o pão se multiplica
Como nas mãos de Jesus

Onde abriga toda gente
Com os direitos iguais
Oh! Terra de Tiradentes
Querida Minas Gerais

Oh, Minas Gerais! (Refrão)

Ah! Minha terra querida
Tua bandeira paterna
Nunca será esquecida
Dos homens que te governa

Sem fronteira e sem medida
Dos pampas aos seringais
O Brasil é minha vida
Meu berço Minas Gerais

Oh, Minas Gerais! (Refrão)

J B Pereira e //www.letras.mus.br/tonico-e-tinoco/1722705/
Enviado por J B Pereira em 13/02/2018
Reeditado em 13/02/2018
Código do texto: T6252952
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
1690 textos (820825 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/05/18 10:58)