Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu mundo de faz de conta

O livro sempre foi um amigo muito querido
Companheiro de infância e grande aliado.
Toda menina tem suas fantasias de ser uma princesa
De encontrar um belo príncipe encantado.
E não foi diferente comigo pois sonhava muito com isso.
Como sempre gostei de ler, meus professores
Me incentivaram e a escola passou a ser um local
Onde eu gostava de estar, a explorar a biblioteca.
No meu mundo de faz de conta, menina loirinha de tranças que era
Eu me tornava uma princesa ruiva, alta e de cabelos encaracolados.
Eu escrevia em meu diário secreto e mágico
Misturava as histórias infantis e criava desde pequena
Um mundo imaginário onde todos eram muito felizes.
Os livros infantis que eu tanto amava
Me ajudaram a transpor dificuldades, superar perdas
Lutar por meu lugar ao sol.
E hoje quando eu vejo meu filho entretido ao ler
Suas estórias de heróis prediletas
Eu volto no tempo...
Saudosa das rodas de leitura
Que eu e minhas amiguinhas fazíamos nos quintais
Nas tardes ensolaradas, debaixo dos pés de
Uma senhora e frondosa Siriguela.
E hoje não posso passar por uma livraria
Sem que a lembrança gostosa dessa época distante
Volte como uma brisa fresca e me fazer sorrir.


Em homenagem ao Dia Internacional e Dia Nacional do Livro Infantil.
Olhosdepoeta
Enviado por Olhosdepoeta em 06/04/2008
Código do texto: T934021
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Olhosdepoeta
Piracicaba - São Paulo - Brasil
72 textos (9627 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/08/20 07:45)
Olhosdepoeta