Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




Ordem  alfabética



Andei por lugares que nem pude imaginar 
Beijei tantos rios de sonhos meus e teus
Coube sempre a mim, desistir ou seguir
Deixei muitos desejos para trás, foi preciso
Encontrei pelos caminhos, lobos e anjos
Fui apaixonada pelo príncipe, não pelo castelo
Gostei das  folhas do jardim, sob o brilho da lua
Havia tanta ternura nas flores de algodão
Igrejas havia, também do trem a estação
Jamais desacreditei que o amor existia
Lágrimas derramei, o amor? Sim, encontrei
Mar de sentimento, assim nele me afoguei
Não morri, à terra seca, e só,  voltei
Ontem, esse não existe, reflexão sobre tudo
Pequei tantas vezes e não me arrependi
Queria ter pecado mais, pela vida, passei
Resta tempo ainda para recuperar
Sempre temos uma nova chance
Talvez naquela próxima curva haja
Uma realidade sem poesia que preencha algo
Vou sem pressa, nas noites com ou sem alegria.
K W X Y Z  ... São àqueles momentos em
que na vida, me faltam as palavras em português.


Liduina do Nascimento



 
Enviado por Liduina do Nascimento em 10/04/2021
Código do texto: T7228268
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Sobre a autora
Liduina do Nascimento
Fortaleza - Ceará - Brasil
2884 textos (86336 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/05/21 01:42)
Liduina do Nascimento

Site do Escritor