Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrima

Essa pressa que desconcerta
Desconcentra o coração
Pura birra, não fira
É dor, não é ilusão...
Vi um rapaz em duas rodas, com frio
Prédios se erguendo na nova cidade
As curvas da profissão
Em rodas pesadas, rodas de caminhão
Mulheres esperando o abrir da próxima porta
Homens com frio, mostrando carnes falsas
Vi pinheiros ao chão
Foi pelo vento da madrugada
O susto depois do trovão
As telhas dependuradas
E casas cobertas com lona
Ouvi um som que era tão bom
Vi um olhar cansado
E a vida na direção
O frio adentrando a janela
Na noite que caía
E trazia no retrovisor a saudade
A cor de uma cidade
E uma lágrima triste
Segura na minha mão.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 28/09/2020
Reeditado em 28/09/2020
Código do texto: T7074740
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil
1495 textos (47428 leituras)
4 áudios (277 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/03/21 22:53)
Meri Viero