Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Frappé

Da janela vi seus ombros dançando nas curvas, nos movimentos, no trêmulo corpo que passava. Suspirei, obviamente, cada regra fugaz que minhas artérias estúpidas deixavam; mas o teu passo, o teu batom, o moreno das tuas costas, a pelagem rala... me embriaguei podendo apenas me encobrir de um "Não!" Você nem me conhecia. O teu calcanhar puro; tua fábula nos cabelos. Eu, menino como sou, pus música, pus perfume, cantei... mas você, querida, já dobrava a esquina.
Kaio M Cardoso
Enviado por Kaio M Cardoso em 02/04/2020
Código do texto: T6904033
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Kaio M Cardoso
Fortaleza - Ceará - Brasil, 21 anos
45 textos (907 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 13:53)
Kaio M Cardoso