Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A prosa do monstro -amor...

Um pouco de prosa...
O olhar de um monstro, mas quem seria o monstro? As feras podem amar, mas podem matar, amargurar, levar-nos para infinitos atos de desatinos, que fazem o balançar dos segundos, uma tortura sem limites, pois até os mais bizarros sofrem por sua amada. Eu te amo, esperando seu retorno na janela em uma noite de lua cheia, que emana o perfume da saudade eterna, que ao cair do sereno, me causa um desalento, de não poder mais te aterrorizar, com meu olhar de Jasão adormecido, pelo poder de sua beleza. E você ninfa que amedronta meus sonhos, seu é olhar é mais mortífero que minhas presas, pois o teu sangue, sacia meu coração, que na minha estética de solidão, faz pulsar nossa eterna paixão.
zaccaz
Enviado por zaccaz em 28/03/2020
Reeditado em 28/03/2020
Código do texto: T6899203
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
zaccaz
Novo Horizonte - São Paulo - Brasil, 38 anos
436 textos (2993 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/08/20 21:41)
zaccaz