Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAMINHAR NO INVERNO

Sinto no ar um vento gelado, prenuncio o inverno.
Inalo um cheiro úmido, perfumado pelo frescor da manhã.
Passo embaixo das árvores rorejando o gélido sereno da noite.
Caminho a esmo, sentindo um frescor no rosto.
Não suo, minha respiração é lenta e minha pulsação baixa.
Caminho mais um pouco, paro e tomo um café, sinto
esquentar a alma.
Olho os transeuntes elegantes, com suas vestimentas nada
combinando:
Luvas, cachecóis, meias, cavus – roupas com cheiro de
guardado.
Vejo nos rostos têmporas róseas, narizes vermelhos, corizas,
espirros.
Esfrego as mãos, me permito um abraço...
Perambulo pelas ruas, no frio tudo fica mais romântico.
Volto para casa, cansado, abro as janelas.
O ar ainda está fresco, aproveito para arrumá-la.
A noite escurece mais cedo, sinto a temperatura cair mais.
Tomo um caldo, me enrolo numa manta e me deixo cair no sofá.
carlos tiokal
Enviado por carlos tiokal em 09/10/2019
Código do texto: T6765356
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
carlos tiokal
Louveira - São Paulo - Brasil, 62 anos
21 textos (165 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 10:54)
carlos tiokal