Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OUTRORA...


Longe vão os meus idos anos, que as lembranças insistem em lembrar, são memórias desgastadas que vivem a me acalentar...


Tantas foram as tristezas que vivemos a afugentar, que hoje me trazem a certeza que não se deve chorar...


Busquei nos bailes da vida a melodia ideal, para acalentar os meus sonhos e, pela vida me inspirar...


Uma lágrima de tristeza que desce pelo meu rosto, talvez não encontre a centelha da dor a desanuviar um desgosto...


Registrei, para cada triste momento um belo e amplo sorriso que iluminasse a minha vida...


Guardei, para colher na velhice um ramalhete de glórias que me lembrassem das vitórias e também dos infortúnios que coroaram e contrabalançaram essa   história...


Em companhia do silêncio a reflexão de cada momento fica cada vez mais lapidada, consigo aferir as arestas que já não lhes cabem conversas e nem registros de OUTRORA...


(HOMENAGEM AO DIA DO IDOSO - 01-10)





 
SanCardoso
Enviado por SanCardoso em 01/10/2019
Reeditado em 01/10/2019
Código do texto: T6758562
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SanCardoso
São Paulo - São Paulo - Brasil
1889 textos (155231 leituras)
1 e-livros (309 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/19 02:14)
SanCardoso

Site do Escritor