Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Também sei


   pensar.
       Talvez não tenha a certeza deste pensamento
   meu.
        A pele minha, esta que cobre e mantem meu corpo intacto.
        Ela, que sustenta todo o meu Eu, creio que é só minha.
        Não a compartilho com ninguém, só a usas.
        Talvez seja egoísta também, pouco me importa seja a quem,
    o meu poderá ser teu meu bem.

        Pensei nesta tarde minha, o quanto a pele perdura, e o toque
    que ela tem.
        Porém sem amarguras sem tristezas e lágrimas tenho saudades
    do outrém. Quando eu, ta dei.
        Talvez perdure ou se mantém. Tuas mãos que me cubram.
        Os dias já não sobram, os dias ficam escassos os dias desta pele
     madura.
         Pensei nas sardas infindáveis, um outo álém, restos em que fui
     negra.
Divavid
Enviado por Divavid em 26/08/2019
Reeditado em 29/08/2019
Código do texto: T6729872
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Divavid
Köln - Nordrhein-Westfalen - Alemanha
1088 textos (56222 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 15:08)
Divavid