Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amém!

Cai do teto do mundo...
Pó de estrelas do infinito
Constelações de anjos bons
Ecoando canções pela Terra
Cavalos alados que viajam pela galáxia
Trazem o colorido do Criador
Entranhado nas patas velozes
E o arco da Via Láctea
É adorno ao cabelo negro
Feito a noite em seu vestido de seda
Que sai à passear pelos jardins do céu
Cai do teto do mundo...
O orvalho puro de tantos corações
Que recitaram baixinho poemas de amor
Tocaram pétalas de veludo
E folhas esmeraldas
Cristais lapidados pelo tempo
Perfeição natural
Cai do teto do mundo...
O desejo de ser feliz
De sentir a simplicidade como diretriz
E tocar com sensibilidade
O ser que não chora mais
Que virou pedra, marca de camiseta
E rasgos de jeans entalhados na pele
Cai do teto do mundo...
O amor em gotas especiais
Que perfumem nossas almas
Nossos poemas
E permaneçam em nós.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 08/05/2019
Reeditado em 08/05/2019
Código do texto: T6642195
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil, 48 anos
1354 textos (42111 leituras)
2 áudios (98 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 06:45)
Meri Viero