Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Procura-se um amor



Procura-se um amor:
Que seja meu fã
E que nas horas de incertezas seja meu colo-divã
Que me ame na medida certa nem mais nem menos 
Que venha para somar
Me transdordar!
Ser parceiro e não posseiro.
Que tenha só uma pitada de ciúme para dar leve apimentada.
Passando disso é doença 
Quero um amor bonito de ver
De causar frio na barriga 
E borboleta no estômago 
Que me embriaga e entorpeça com seus beijos.
Seja gentil 
Um cavalheiro 
Que tenha bom humor 
E que livre esteja para o amor
Que me abrace em público sem pudor 
Que queira ser meu amigo e meu amor
Que me diga "Eu te amo" no olhar
Que me admire 
E incentive para que eu seja cada vez melhor.
Que me apoie nas minhas conquistas
Que aceite meio jeito espontâneo
E viva comigo momentos singelos de prazer, alegrias e na hora da dor esteja ao meu lado.
Que me acolhe por inteira com minha bagagem de vida.
Que goste de dançar 
Cantar 
ler poesia 
E viver com alegria
Sem medo de se entregar nessa relação 
Trazendo no coração coragem para ser feliz.
Serei recíproca à altura 
Serei somente tua 
Que comigo contemple a lua
Na calada da noite das horas nuas
Darei o melhor de mim
Minha presença e meu coração 
Serei plena de corpo e alma.
E viveremos uma grande e terna paixão.

  By Claudia Florindo Corrêa 
04/11/17
Claudia Florindo Corrêa
Enviado por Claudia Florindo Corrêa em 09/03/2018
Código do texto: T6275257
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Florindo Corrêa
Mangaratiba - Rio de Janeiro - Brasil, 49 anos
264 textos (3817 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 11:01)
Claudia Florindo Corrêa