Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Entre Extremos

Unilateral entre ser ou não ser.
Sentir ou não sentir.
Agora compreendo situações com melhor clareza.
Talvez pelas trinta e duas horas ainda desperta.
Pois o sono sucumbiu em pensamentos,
com ajuda de medicamentos ilícitos.

Na borda da impulsividade e da relutância.
Vivendo ou existindo
na inutilidade de planos utópicos.
O sexo irresponsável.
Os cigarros, a bebida e as drogas;
sempre em fuga do vazio inundável.

Palavras involuntárias que diferem sinceridade.
Sem personalidade constante.
Sonhos que adiam vontades crônicas de morrer.
Fingindo e escondendo dores verdadeiras,
pois não entendo minha falta de tesão pela vida.

O flerte à sentimentos proibidos
engarrafado em frascos de vidro;
por mais cinco anos de existência.
A inutilidade de presente
embrulhada em sorrisos plásticos;
por mais duas horas de silêncio.

A vida se esvaindo em palavras baratas:
- Você é importante
Mais três batidas e o fim imortalizado.
Fim do último ato.
P Silveira
Enviado por P Silveira em 02/10/2017
Código do texto: T6130556
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
P Silveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 30 anos
18 textos (476 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/08/20 14:07)
P Silveira