Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMANTES

De repente teus olhos deitam abaixo do meu abdomen...
Percebe o volume que força o jeans...
Passa a língua levemente pelo lábio...
Levanta os olhos que brilham inequívocos...
Um força irresistível nos empurra para o outro...
Nossas bocas se buscam com avidez...
Tuas mãos medem o mastro por sobre o jeans...
Minhas mãos passeiam por debaixo da tua blusa...
Toco os bicos eriçados dos seios perais...
Abocanho-os com gula mordisco os bicos...
Nos livramos das roupas incontinenti...
Nossos corpos se esfregam em frenesi...
Lhe pego nos braços e deito no sofá...
Num átimo estou a lamber tua flor que já mela...
Meus dedos profanam teus piscantes orifícios...
Gememos numa tara insana e deliciosa...
Ajoelhas na beira do sofá e empinas a bunda...
Roço o mastro imenso e latejado na tua vulva...
Movimentos leves no anel piscante...
Introduzo nele o polegar com a mão espalmada...
Enterro o caralho na tua gruta úmida e gulosa...
Enlaço teus cabelos com a outra mão...
Movimentos rápidos em fortes batidas...
Gritos e gemidos lúbricos ecoam pelos ares...
Nossos corpos fortemente entranhados...
Arremetes os quadris na invasão profunda...
Sentimos um torpor descomunal...
Espasmos violentos nos corpos fundidos...
Jorramos jatos viscosos que escorrem pelas pernas...
Nos jogamos no tapete da sala banhados em suor...
Amolecidos e com um sorriso frouxo e feliz nos lábios...
Ficamos ali por breves minutos como que desfalecidos...
Por fim nos dirigimos ao chuveiro de água morninha...
Um onda de calor nos envolve outra vez...
Esfrego tuas costas suavemente enquanto te roço...
A cena se repete ali debaixo do chuveiro...
Agora vamos com menos fome rs
Ai e novamente em meio a gemidos tremidos gozamos.
Terminamos o banho...lhe enxugo ternamente...
Te levo para a cama e ficamos ali conversando baixinho...
Levanto e preparo algo rápido para comermos...
Descansamos um pouco entre carícias e suspiros...
Nos beijamos docemente...
Me sorri gostoso ao perceber um volume que pressiona
tuas coxas...me acolhe de novo dentro de ti.

 
BARBOZAMARCO
Enviado por BARBOZAMARCO em 31/08/2015
Reeditado em 10/06/2019
Código do texto: T5365752
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
BARBOZAMARCO
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 55 anos
833 textos (45326 leituras)
1 áudios (384 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/11/20 20:10)
BARBOZAMARCO