Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Foto pesquisa Google

                              Reedição
 
POETAS
 
Quem poderá dizer que eles não são loucos,

mas se o são por que dizer?

Ah os poetas...

Estes seres que nos falam das flores

da paz e dos amores.

Que sonha com o infinito amando o feio

na crença que é o mais bonito.

Que rimam, pois, nossas rimas são líricas,

e é o oposto da inveja e da ira,

é ele quem nos traz a lúdica da inocência

no silêncio singelo do infinito.

Faz sua voz ser ouvida, sem mentiras,

como o som puro no acorde da lira

põe num papel o som mágico da

doçura desafinada da criança que rira,

sem por um instante ser timorato hesitante

quando rima seus versos, aflito.
Trovador das Alterosas
Enviado por Trovador das Alterosas em 28/12/2014
Reeditado em 29/12/2014
Código do texto: T5083883
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Trovador das Alterosas
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
2560 textos (110945 leituras)
23 áudios (2570 audições)
2 e-livros (546 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/01/20 00:19)
Trovador das Alterosas