Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O pouco eu guardo numa gaveta e o muito no coração.

Pés no chão, olhos fechados - respira fundo menina, vai chegar tua vez! E eu espero, como alguém que espera o seu grande amor. Me puxo pra dentro de mim e olho só o que é bonito, a vida é assim, contínua, ereta.Tende a ir pra onde você a leva. Eu a levo não só pra frente, mas para todos os lados.
 Eu quero ir, quero ser, me tornar quem eu não poderia, enxergar aquilo que eu não  enxergaria. Caminhar, por lugares estreitos, acordar no fundo do meu próprio calor, e então ressurgir em cinzas ou em pedaços, mas ressurgir.
 Descobrir a felicidade ainda no caminho é a pretensão, a chegada é apenas consequência.Num olhar me refugio,me realizo no leve, o puro me sensibiliza e se apresenta como busca. Nos sonhos eu transpiro e também me inspiro.
 O pouco eu guardo numa gaveta e o muito no coração.
I Pedrassoni
Enviado por I Pedrassoni em 30/07/2014
Código do texto: T4902094
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
I Pedrassoni
Londrina - Paraná - Brasil
14 textos (461 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/08/20 22:22)