Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“A FLOR DO DESERTO”

Valdemiro Mendonça.



O sol castigava minha pele suada enquanto eu seguia por aquela estrada de areia no deserto escaldante. Ao transpor a ultima duna entrei num bosque frondoso e avistei uma mulher de traços delicados colhendo flores e ostentando um belo sorriso ao me avistar, disse: Oh viajante solitário, não sei de onde vens, mas meu nome é Flor do deserto e o convido a vir ate minha casa onde poderá se refrescar e descansar enquanto nos conheceremos melhor, segui aquela que se chamava flor e bebi da sua água, e bebi o sabor dos seus beijos e provei do seu perfume e nunca mais sai daquela casa e nem dos braços que sempre me acolhem quando chego cansado do trabalho. Conheci o prazer do amor quando a minha flor do deserto me ofereceu seu perfume.


Trovador.
Trovador das Alterosas
Enviado por Trovador das Alterosas em 28/04/2012
Reeditado em 02/05/2012
Código do texto: T3638082
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Trovador das Alterosas
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
2560 textos (110921 leituras)
23 áudios (2570 audições)
2 e-livros (546 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/01/20 02:09)
Trovador das Alterosas