Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A DAMA

Olha! Quanta insensatez;
A vida mudou de uma vez.
Uma Dama cheia de sonhos e alegria,
Virou notícia de jornal neste dia.
O marido avisou que iria embora,
As malas prontas marcavam ,o aqui e o agora.
Foi num momento  de desespero total,
Marcada pela cena principal.
Inconformada atirou álcool no corpo para chamar atenção,
A Dama precisava impedir a dolorida separação.
Pegou um esqueiro velho e apenas faiscou,
Num segundo numa bola de fogo se transformou.
Ela parecia uma imensa fogueira,
Seus gritos apavoraram à vila inteira.
A Dama teve um minuto de fama,
Literalmente escreveu à sua própria trama.
Foi parar num pronto socorro na emergência,
Por causa da sua imprudência.
Seu rosto e corpo ficaram horríveis de se ver,
Quem olhavasse para ela, não conseguia esquecer.
Ficou parecendo protagonista de filme de terror,
Onde não precisava fazer força para assustar o telespectador.
Acabou a beleza daquela Dama faceira,
Tornou-se um monstro para vida inteira.



(Moral: Não devemos tomar decisões precipitadas.)
Leila Rodrigues
Enviado por Leila Rodrigues em 30/05/2011
Reeditado em 08/06/2011
Código do texto: T3003820

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Leila Rodrigues
São Paulo - São Paulo - Brasil
443 textos (27266 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 02:05)
Leila Rodrigues