Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

aos trinta já não demora sorrir

aos trinta já sei que não perdi. porque cheguei antes mesmo dele atracar. lançar sobre mim a desventura de ser só. aos trinta apenas comecei levitar. quando já pisei demais no chão concreto das minhas paisagens. já não fazem mais infâncias como a minha. da mainha pondo o jardim nas cores da casa. passa o nono dia, mas não passa a saudade. isso porque não faz falta. não faz. só desfaz na vida a arquitetura do muro que pulei noutro dia. e aos trinta. agora aos trinta. já não demora sorrir.
Quaresma
Enviado por Quaresma em 10/05/2009
Código do texto: T1586001
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Quaresma
Recife - Pernambuco - Brasil, 40 anos
79 textos (3571 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 06:19)
Quaresma