Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma Declaração De Amor

Não sei falar de amor. Acho isso muito difícil. Por que você não me pede para falar de outro assunto? Pode ser de medicina, literatura, música, cinema, ou mesmo de minhas travessuras e loucuras. Também posso falar das madrugadas em que andei  pelas ruas, com o violão debaixo do braço,  a procura da mulher dos meus sonhos. Cartas não  cheguei a mandar, mas pedi aos céus. E como não a encontrei, me apaixonei pela lua e para ela fiz muitas serenatas. Mas agora tudo isso são águas passadas. Você agora é minha amada, a mulher com quem eu quero viver. Assim, para não lhe entristecer, e não decepcioná-la, falo dos meus sentimentos, do prazer que sinto quando estou a seu lado, no aconchego de seus braços; quando meus lábios tocam os seus; quando minhas mãos deslizam em suas curvas, e você é lua iluminando o meu mar. Conto do que sinto quando seus olhos encontram os meus, quando seu umbigo encosta no meu, e nos tornamos únicos, numa dança de sedução e emoção. Nessa hora, fecho a porta para os meus problemas e minhas preocupações. Minha alma fica completa. É como ter em minhas mãos os segredos da vida, a geografia da felicidade e a mais bela poesia.
É como navegar em alto mar, com o vento acariciando o rosto, é como flutuar no ar...  Esqueço de todas as mazelas da vida. O tempo para, a noite fica clara e o dia se torna enluarado. Eu abraço meus sonhos, rezo para todos os anjos, tudo isso porque tenho você junto de mim. Assim, se  faz sol ou chuva não importa. Seus carinhos e carícias me envolvem e me aquecem, seu corpo mexe com o meu, seu rosto me ilumina e eu amo seu jeito menina num corpo de uma linda mulher.

Você pode até estranhar, porém ciúme eu não sinto. Não penso que isso seja sinal de amor. Controlar, possuir , isso não faz bem. É preciso dar liberdade, para não se ter só a metade, mas o outro por inteiro. É preciso ser livre para poder fazer o que se deseja, só assim descobrimos o que realmente necessitamos para sermos felizes. E como diz Saramago  " gostar é provavelmente a melhor maneira de ter, ter deve ser a pior maneira de se gostar".

Algumas vezes brigamos, discutimos a relação, já que temos nossas diferenças e nossas neuroses, mas temos a crença que nada foge da certeza de que nos amamos demais.

Sei que não sou capaz de ficar muito tempo longe de você. Quando isso acontece, o riso foge de minha face, meu corpo arde de saudades, sinto falta do sol de seus cabelos, da brisa do seu corpo  e meus dias perdem o brilho e a cores. Saudade é vontade de morar na fonte de nosso desejo.  Como vê, não sei mesmo falar de amor, mas sei muito bem o que é amar demais.

..
Roberto Passos do Amaral Pereira
Enviado por Roberto Passos do Amaral Pereira em 27/02/2009
Reeditado em 21/03/2009
Código do texto: T1460061
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Passos do Amaral Pereira
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1288 textos (133432 leituras)
11 áudios (1593 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 21:03)
Roberto Passos do Amaral Pereira