Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

eu não sou mesmo isso assim tão retilíneo

eu não sou mesmo isso assim tão retilíneo. tem curvas. tem curvas. tem curvas. e se curva sobre mim. e meu rosto vislumbra um beijo. e o desejo escorre. decorre na curva. tão turva. tão turva. tão turva. que me assusta. e não sou assim tão retilínio. me acusa. me acusa. me acusa. e abusa sobre a curva. e como há curvas.
Quaresma
Enviado por Quaresma em 10/12/2008
Código do texto: T1328948

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Quaresma e o site http://recantodasletras.uol.com.br/autor.php?id=4639). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Quaresma
Recife - Pernambuco - Brasil, 40 anos
79 textos (3571 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/19 02:15)
Quaresma