Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palavras Soltas Ao Vento

Busco nos livros abrigos, sorrisos, paz e alguns conflitos.

Desejo o umbigo da mulher amada colado no meu, numa longa
viagem nas paisagens de nossos sonhos.

Quero os políticos corruptos brasileiros, com os traseiros queimando no inferno.

Amo o inverno para o aconchego, um vinho "maneiro"  e um fondue.

Rio muito de mim.

Gosto de goiabada com queijo.

É preciso mais teatro do absurdo do o que existe no nosso falso mundo.

É necessário ouvir com atenção o grito contido no silencio para não viver na contramão.

Quero oração para mão do irmão que chora e morre de fome.

Quero ouvir o saxofone com um monte de beijos da mulher que eu desejo.

Quero ser um homem de alma mais feminina.

Sonho com a menina de trança de minha infância, que não me cansa de me visitar.

Quero o olhar de menino perdido, na alegria de suas travessuras.

Sonho com a lua cheia o ano inteiro.

Que ver nas ruas e avenidas, menos balas perdidas, e mais as mordidas com alegria pela criançada.

Não necessito de explicação para o mistério do mar. Contento- me apenas com a sua beleza.

Gosto das risadas escancaradas, de caras lavadas e sem máscaras.

Quero ter mais grandeza para me perdoar e as outros.

Quero ser o garoto solto que corria atrás da bola.

Desejo colher amora fora da estação.

Quero menos ciência e mais sensibilidade agora que cheguei na melhor idade.

Quero a vaidade dos que fracassaram depois de muito esforço.

Quero todos os sabores do gosto do amor.
Roberto Passos do Amaral Pereira
Enviado por Roberto Passos do Amaral Pereira em 12/07/2008
Reeditado em 12/07/2008
Código do texto: T1076638

Comentários

Sobre o autor
Roberto Passos do Amaral Pereira
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1288 textos (133719 leituras)
11 áudios (1593 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/01/20 23:57)
Roberto Passos do Amaral Pereira