Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO VÁCUO

 
 
Rio seco. Rio seco de dores, farto de  sonolência... Duma aborrecida sonolência que penetra tarde afora. Tudo indo embora no aborrecer das horas. Até o último estender de dedos, o acenar... O leve olhar que se arrastava.
SONIA DELSIN
Enviado por SONIA DELSIN em 14/06/2020
Código do texto: T6976976
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
SONIA DELSIN
São Carlos - São Paulo - Brasil
6215 textos (88623 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 12:29)
SONIA DELSIN